sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos sete mortos em ataque da Al-Shabab a dois hotéis em Mogadíscio

Pelo menos sete pessoas morreram num ataque do grupo 'jihadista' somali Al-Shabab a dois hotéis em Mogadíscio, noticiou a Agência Nacional de Informações e Segurança da Somália (NISA) e fontes policiais. 

STR

"A tentativa de assalto ao Hotel Wehelie foi frustrada. A situação encontra-se sob controlo", assegurou a NISA na sua conta da rede social Twitter.

Fontes policiais citadas pela agência espanhola Efe confirmaram que foram sete os mortos no ataque àquele hotel, embora não tenham descartado que o número de vítimas mortais possa aumentar.

Grupos de homens armados atacaram este e outro hotel popular da capital somali, onde também dispararam sobre a base da Missão da União Africana na Somália (AMISOM), indicaram fontes de segurança.

A agência somali atribui estes novos ataques ao grupo extremista islâmico Al-Shabab que intensificou a sua campanha de terror durante o Ramadão.

As forças somalis puseram igualmente fim ao ataque ao segundo hotel, o Siyad, muito próximo também do palácio presidencial, segundo a NISA, que precisou que as únicas vítimas aí registadas pertenciam às fileiras 'jihadistas'.

O porta-voz da Al-Shabab, Abu Muscab, reivindicou o ataque: "Os nossos mujahidines entraram nos hotéis Wehelie e Siyad ao mesmo tempo e mataram um grande número de polícias e deputados" -- uma declaração que fontes oficiais ainda não confirmaram.

Os três ataques ocorreram num curto intervalo de tempo, hoje à tarde, imediatamente após o fim do dia de jejum do Ramadão.

A base da AMISOM, situada no norte da capital somali, foi também atacada, tendo presumíveis terroristas lançado morteiros.

O grupo extremista Al-Shabab, que se juntou formalmente à Al-Qaida em 2012, está a lutar pela instauração de um Estado Islâmico de doutrina wahabi na Somália.

Lusa

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.