sicnot

Perfil

Mundo

Carro bomba no Cairo tinha como alvo consulado italiano

GALERIA DE FOTOS

Uma explosão, esta manhã, na capital do Egito, fez pelo menos um morto e quatro feridos.

Cairo, Egito esta manhã após explosão de carro bomba contra o consultado italiano.

Cairo, Egito esta manhã após explosão de carro bomba contra o consultado italiano.

© Mohamed Abd El Ghany / Reuter

Cairo, Egito esta manhã após explosão de carro bomba contra o consultado italiano.

Cairo, Egito esta manhã após explosão de carro bomba contra o consultado italiano.

© Mohamed Abd El Ghany / Reuter

Cairo, Egito esta manhã após explosão de carro bomba contra o consultado italiano.

Cairo, Egito esta manhã após explosão de carro bomba contra o consultado italiano.

© Mohamed Abd El Ghany / Reuter

Cairo, Egito esta manhã após explosão de carro bomba contra o consultado italiano.

Cairo, Egito esta manhã após explosão de carro bomba contra o consultado italiano.

© Mohamed Abd El Ghany / Reuter

Cairo, Egito esta manhã após explosão de carro bomba contra o consultado italiano.

Cairo, Egito esta manhã após explosão de carro bomba contra o consultado italiano.

© Mohamed Abd El Ghany / Reuter

Cairo, Egito esta manhã após explosão de carro bomba contra o consultado italiano.

Cairo, Egito esta manhã após explosão de carro bomba contra o consultado italiano.

© Mohamed Abd El Ghany / Reuter

O rebentamento de um carro bomba atingiu o Consulado italiano no centro do Cairo.

Parte da fachada do edificio ficou destruída.

No momento da explosão, o consulado encontrava-se fechado.

O ataque ainda não foi reivindicado.

Itália não se deixa "intimidar" pelo atentado no Cairo

O Ministro italiano dos negócios estrangeiros já reagiu dizendo que o país nao se deixará intimidar pelo ataque.

Gentiloni precisou que não há vítimas de nacionalidade italiana.      

"Bomba contra o nosso consulado no Cairo, não há vítimas italianas. Estamos em contacto com as pessoas atingidas e com o nosso pessoal. A Itália não se deixa intimidar", declarou o ministro na sua conta da rede social Twitter.

Cerca das 6:30 locais de hoje (5:30 em Lisboa), pelo menos uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas devido à explosão de uma bomba colocada numa viatura estacionada perto do consulado de Itália no Cairo, que estava fechado naquele momento, segundo responsáveis.       

Uma parte da fachada do consulado desabou e restos de uma viatura estavam espalhados nos arredores, constatou um jornalista da AFP. 

Depois do Exército egípcio ter destituído o presidente islamita Mohamed Morsi em julho de 2013, os ataques dos 'jihadistas' multiplicaram-se no Egito, visando principalmente as forças da ordem.

 Desde que o presidente Mohamed Morsi foi deposto em julho de 2013, centenas de soldados e polícias perderam a vida nestes ataques no Egito e pelo menos 1.400 pessoas, a maioria islamitas, morreram devido à repressão de protestos.

Os atentados costumam ser reivindicados por grupos que dizem agir em represália do sangrento ataque contra os seguidores de Morsi. 

Com Lusa

  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC

  • Presidente do Uganda quer proibir sexo oral

    Mundo

    O Presidente do Uganda emitiu um aviso público durante um conferência de imprensa anunciando que vai banir a prática de sexo oral no país. Yoweri Museveni justifica o ato, explicando que "a boca serve para comer".

    SIC