sicnot

Perfil

Mundo

Afinal Plutão é maior do que o que se pensava

Uma nave espacial não tripulada vai revelar hoje, pela primeira vez, detalhes da superfície de Plutão. A New Horizons da NASA está há mais de nove anos a viajar pelo sistema solar para alcançar aquele que já foi considerado o 9º planeta. Hoje, pelas 12h49, hora de Lisboa, deverá fazer a observação mais próxima e enviar dados para a Terra.

As medições mais recentes feitas pela New Horizon indicam que Plutão tem um diâmetro de 2370 km, 18.5% do da Terra, e que Charon, a sua Lua principal, tem um diâmetro de 1208 km, 9.5% do da Terra.

New Horizons vai fazer uma aproximação histórica a Plutão

A New Horizons é descrita como pouco maior que um piano e como a nave mais rápida alguma vez construída. Atualmente desloca-se à velocidade de 30.800 milhas (49.570 quilómetros) por hora.

Na segunda-feira havia algum nervosismo, enquanto a nave de 700 milhões de dólares (635 milhões de euros) avançava na direção da última fronteira não descoberta do sistema solar.

Segundo o principal investigador da missão, Alan Stern, existe uma hipótese em 10.000 de a nave espacial ser perdida numa colisão com os detritos que rodeiam Plutão, considerado durante muito tempo o planeta mais longe do sol, até ser reclassificado como 'planeta anão' em 2006.

A abordagem mais próxima da nave ao planeta está prevista para as 07:49 (12:49 em Lisboa) e a cobertura da televisão da NASA começa às 07:30 (12:30 em Lisboa).

Até os cientistas receberem de novo sinal da nave espacial demorará algumas horas, porque a "New Horizons" estará ocupada a tirar fotografias e a recolher dados.

Esta nave é a primeira a visitar um planeta inexplorado desde as missões Voyager da NASA, lançadas na década de [19]70.

É suposto a nave realizar um "telefonema para casa" às 04:20 (21:20 em Lisboa), mas esse sinal enviado para a Terra irá demorar quase cinco horas a chegar aos cientistas.

Por esse motivo, a NASA não vai fazer qualquer anúncio, quer a nave sobreviva ou não, até quase 13 horas depois do voo sobre o planeta, às 09:02 (02:02 de quarta-feira em Portugal).

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.