sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte anuncia primeira amnistia de presos em três anos

A Coreia do Norte anunciou hoje uma amnistia de presos, a primeira em três anos, por ocasião do 70.º aniversário da libertação do domínio colonial japonês e a fundação do Partido dos Trabalhadores.

© Damir Sagolj / Reuters

O indulto produz efeito a 1 de agosto, informou a agência oficial KCNA, sem facultar mais detalhes, nomeadamente sobre o número de presos vão ser abrangidos pela anunciada ordem de amnistia, referindo somente que a medida vai ser estendida aos "condenados por crimes contra o país e o seu povo".

As estimativas sobre a população prisional da Coreia do Norte variam, sendo calculada por organizações de defesa de direitos humanos em aproximadamente 200 mil pessoas, a maioria das quais detidas por motivos políticos e não pela prática de crimes.

O anúncio da libertação de presos surge numa altura em que vários países, incluindo os Estados Unidos e Coreia do Sul, procuram levar Kim Jong-un e o regime norte-coreano ao Tribunal Penal Internacional pelas violações de direitos humanos cometidas nos campos de trabalhos forçados do país.

Entre 80.000 e 120.000 pessoas, incluindo muitos prisioneiros políticos, permanecem encarceradas nestes campos, sujeitas a torturas, privação de alimentos e outros abusos, de acordo com um detalhado relatório publicado no início de 2014 pela ONU.

Após uma longa investigação, a comissão concluiu que a Coreia do Norte cometeu violações dos direitos humanos "sem paralelo no mundo contemporâneo".

Durante um ano, foram recolhidos testemunhos de exilados norte-coreanos e documentaram a existência de uma vasta rede de campos de prisioneiros, onde se praticam torturas, violações e execuções sumárias.

A amnistia anunciada hoje figura como a segunda na Coreia do Norte desde que Kim Jong-un chegou ao poder em dezembro de 2011.

A anterior teve lugar em fevereiro de 2012 por ocasião do centenário do nascimento de Kim Il-sung, fundador do país, e do 70.º aniversário de nascimento de Kim Jong-il, pai do atual líder.

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    Um sismo abalou esta manhã o centro de Itália, incluindo a capital, Roma, e outras localidades atingidas por uma série de tremores o ano passado. De acordo com a Reuters, o sismo teve uma magnitude de 5.7.

    Em desenvolvimento

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".