sicnot

Perfil

Mundo

Iranianos saem à rua em Teerão para celebrar acordo nuclear

Os iranianos saíram hoje à noite à rua em Teerão para celebrar o acordo sobre o programa nuclear concluído algumas horas antes em Viena entre o seu país e as grandes potências mundiais.

ABEDIN TAHERKENAREH

Segundo um jornalista da agência de notícias francesa, AFP, no local, pouco depois do fim do jejum do Ramadão, centenas de pessoas começaram a afluir à mais longa avenida da capital do Irão, Valiye Asr, fazendo soar as buzinas dos seus veículos.

O guia supremo iraniano, o ayatollah Ali Khamenei, saudou hoje "os honestos e duros esforços" dos negociadores iranianos por terem conseguido chegar a um acordo com as potências do grupo 5+1 (os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU -- Estados Unidos, Rússia, China, Reino Unido e França -- e a Alemanha).

A mensagem do ayatollah, que foi a sua primeira reação ao acordo anunciado a meio do dia de hoje, foi divulgada na sua conta oficial da rede social Twitter, após um encontro com o Presidente, Hassan Rohani, e o seu Governo durante o intervalo noturno do jejum do Ramadão.

Por sua vez, o Presidente Rohani saudou o apoio do guia supremo (que concentra em si muito poder político e religioso), sublinhando que, sem Khamenei, o acordo sobre o programa nuclear do Irão não teria sido possível.

O culminar de um intenso processo negocial para fechar este dossiê que há 12 anos envenenava as relações internacionais, este acordo, hoje assinado em Viena, torna quase impossível a construção por Teerão de uma bomba atómica durante vários anos, em troca do levantamento, progressivo e reversível, a partir do primeiro semestre de 2016, das sanções internacionais que há vários anos asfixiam a economia iraniana.

Lusa

  • "De hoje em diante, só a América virá em primeiro lugar"
    3:20
  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39

    Mundo

    As primeiras decisões da era Trump não tardaram. O 45.º Presidente dos Estados Unidos da América já avançou com algumas medidas, entre elas, a confirmação dos nomes que vão compor a nova administração e a criação do Dia do Patriotismo.

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.