sicnot

Perfil

Mundo

Onda de repulsa no Bangladesh após vídeo que mostra tortura mortal de menor

Milhares de pessoas mobilizaram-se hoje nas ruas e nas redes sociais no Bangladesh, numa onda de repulsa pelo linchamento mortal de um menino de 13 anos, cujo vídeo se tornou viral.

O menino, identificado como Samiul Rajon, foi agredido por pelo menos quatro pessoas na passada quarta-feira na cidade setentrional de Sylhet, após ter sido acusado de roubar, segundo explicou o comissário da polícia local, Kamrul Husain, indicando que três pessoas foram entretanto detidas.

Segundo os resultados da autópsia, o menor morreu devido a uma hemorragia cerebral e apresentava mais de 60 feridas no corpo.

Os agressores gravaram um vídeo de 28 minutos, que foi publicado no Facebook, em que se vê o menino a ser golpeado por uma espécie de bastão em repetidas ocasiões e em diferentes partes do corpo, enquanto se encontra atado a um poste de uma paragem de autocarros.

Nas imagens, o menor suplica, cai no chão, com o choro e os gritos a misturarem-se com as gargalhadas do grupo que o tortura.

Segundo o jornal local The Daily Star, quando Samiul Rajon morreu, os agressores tentaram transportar o seu corpo num pequeno autocarro para um lugar distante, mas chamaram a atenção de alguns moradores da zona, colocando-se em fuga após serem perseguidos.

"Um dos agressores foi detido no mesmo dia do crime. Ontem [segunda-feira] foram detidas mais duas pessoas: uma no Bangladesh e outra, que também participou na tortura, na Arábia Saudita, depois de ter escapado para esse país", disse o comissário, adiantando que várias pessoas estão a ser interrogadas.

A polícia formou um grupo especial para investigar o assassínio, que desencadeou uma onda de repulsa nas ruas, com manifestações em vários pontos do país, incluindo na capital, Daca, prevendo-se novas mobilizações nas próximas horas.

Diversas páginas foram criadas no Facebook em homenagem Rajon, enquanto no Twitter se criou uma hashtag #JusticeForRajon. Uma iniciativa, que pede ao Governo do Bangladesh que tome medidas rapidamente, lançada através da plataforma Change.org já recolheu quase 7.000 assinaturas.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.