sicnot

Perfil

Mundo

Guarda Costeira italiana coordena resgate de 2.700 imigrantes no Mediterrâneo

A Guarda Costeira italiana informou que resgatou hoje das águas do Mediterrâneo cerca de 2.700 imigrantes em 13 operações de socorro coordenadas a partir do seu centro de operações em Roma.

Segundo dados da ONU, a confirmar-se a morte dos imigrantes desaparecidos no naufrágio de sábado, desde o início do ano terão morrido em águas do Mediterrâneo cerca de 1600 pessoas, as quais se somam às mais de 3500 que perderam a vida em 2014. (Arquivo)

Segundo dados da ONU, a confirmar-se a morte dos imigrantes desaparecidos no naufrágio de sábado, desde o início do ano terão morrido em águas do Mediterrâneo cerca de 1600 pessoas, as quais se somam às mais de 3500 que perderam a vida em 2014. (Arquivo)

© Handout . / Reuters

Os imigrantes estavam a bordo de 13 embarcações, nove das quais pneumáticas.

O socorro foi prestado por navios da organização Médicos Sem Fronteiras, da Guarda Costeira e da Marinha Militar de Itália, bem como por um navio militar alemão.

Estes resgates ocorreram no mesmo dia em que chegaram à ilha da Sicília 697 imigrantes provenientes de vários resgates feitos nos últimos dias, que tinham sido desembarcados nos portos de Messina, Lampedusa e Augusta, como informou a guarda Costeira.

Lusa

  • Hoje é notícia

    País

    A Direção-Geral do Orçamento divulga a síntese de execução orçamental em contas públicas do primeiro trimestre, sendo que o Governo pretende reduzir o défice para 0,7% do PIB em contabilidade nacional em 2018. O secretário-geral do PS, António Costa, apresenta a moção de orientação política que irá levar ao congresso do partido, marcado para maio. O BCE deverá deixar as taxas de juro inalteradas na reunião de política monetária de hoje, em Frankfurt.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27