sicnot

Perfil

Mundo

Koalas atropelados na Austrália foram devolvidos à natureza

Os dois koalas atropelados na Austrália, no início do mês de junho, foram esta quarta-feira devolvidos ao seu habitat natural.

A história dos dois animais tem sido acompanhada desde o atropelamento de que mãe e cria foram vítimas. Na altura do acidente, Lizzy, a mãe koala, estava ainda grávida.

A história dos dois animais tem sido acompanhada desde o atropelamento de que mãe e cria foram vítimas. Na altura do acidente, Lizzy, a mãe koala, estava ainda grávida.

A história dos dois animais tem sido acompanhada desde o atropelamento de que mãe e cria foram vítimas. Na altura do acidente, Lizzy, a mãe koala, estava ainda grávida.

A cria, Phantom, saíu ilesa mas tornou o caso ainda mais conhecido quando permaneceu abraçada à mãe durante a operação ao tórax e a um pulmão.

Ao longo do último mês, os dois animais permaneciam sob observação dos veterinários no hospital australiano para animais selvagens.

Os koalas foram agora devolvidos ao seu habitat natural, em Queensland, na Austrália.

  • Austrália abate centenas de koalas

    Mundo

    Cerca de 700 koalas foram mortos pelas autoridades australianas devido ao excesso de animais e à sua incapacidade de encontrar comida suficiente, informou hoje o Governo.

  • Zoo australiano divulga imagens do primeiro koala da estação
    0:39

    Mundo

    Um jardim zoológico em Sydney, na Austrália, deu as boas-vindas ao primeiro koala da estação. O animal tem seis meses de vida mas só agora o zoo de Taronga divulgou o vídeo em que o bebé se mostra pela primeira vez. Os tratadores dizem que o novo bebé vai passar cerca de quatro meses junto da mãe, até poder andar sozinho. O koala ainda não tem nome e é a terceira cria da mãe Wanda. O zoo espera ainda o nascimento de outros três koalas nas próximas semanas.

  • A menina síria que relata a guerra no Twitter está bem, diz o pai

    Mundo

    Bana Alabed, a menina síria de 7 anos que conta no Twitter a luta pela sobrevivência e os horrores da guerra em Alepo, teve de abandonar a sua casa que foi bombardeada mas está bem, disse hoje o seu pai à Agência France Press. A conta esteve fechada desde domingo, mas foi entretanto reativada e tem hoje uma nova publicação de Bana.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.