sicnot

Perfil

Mundo

Descoberto o mais antigo embrião de um lagarto

O mais antigo embrião de um lagarto foi descoberto em pequenos ovos fossilizados com 125 milhões de anos, encontrados na Tailândia, em 2003, revelaram cientistas num estudo publicado na quarta-feira, na revista PLOS ONE.

© Arnd Wiegmann / Reuters

Há 12 anos que os investigadores hesitavam se o animal "escondido" nos ovos, do tamanho de uma moeda, era um pequeno dinossauro carnívoro ou um pássaro primitivo, de acordo com análises feitas anteriormente às cascas dos ovos fossilizados.

Contudo, imagens de raios-X de alta resolução dos esqueletos embrionários fossilizados, realizadas pelo Laboratório Europeu de Radiação de Sincrotrão, em Gronoble, França, mostraram que se trata, afinal, de lagartos do grupo Anguimorpha. O grupo agrega diversas espécies, como os dragões-de-komodo e os mosassauros (estes últimos um tipo de répteis marinhos já extintos).

Depois de ter passado os esqueletos pelos raios-X, a equipa liderada pelo investigador Vincent Fernandez, da Universidade de Witwatersrand, na África do Sul, reconstituiu uma imagem em 3D. Apesar de os embriões já estarem mortos antes da eclosão dos ovos, os seus esqueletos estavam bem desenvolvidos.

Após a identificação de um dos ossos que servem para articular a mandíbula, foram reunidos todos os elementos do esqueleto. No final, o animal foi identificado.

A descoberta de um lagarto num ovo de casca dura surpreendeu os cientistas, uma vez que os lagartos põem, geralmente, ovos de casca mole.

Até à data, apenas os geckos, pequenos lagartos dos países quentes, eram conhecidos por porem ovos de casca dura.

"A identificação de embriões de lagarto abre novos domínios científicos, sobre a evolução da reprodução da espécie e sobre a diversidade dos ovos produzidos por diferentes linhagens de lagartos", assinala o Laboratório Europeu de Radiação de Sincrotrão, citado pela agência noticiosa AFP.

O Laboratório Europeu de Radiação de Sincrotrão é uma infraestrutura de investigação, cofinanciada por vários países europeus, incluindo Portugal, que "manobra uma poderosa fonte de raios-X", salienta no seu portal a Fundação para a Ciência e Tecnologia, entidade pública nacional que subsidia a pesquisa científica.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.