sicnot

Perfil

Mundo

Guia supremo iraniano pede "cuidadoso escrutínio parlamentar" ao acordo nuclear

O guia supremo iraniano, Ali Khamenei, pediu hoje um "cuidadoso escrutínio" ao acordo nuclear alcançado entre Teerão e as potências mundiais durante o "respetivo processo legal", ao qual deverá ser submetido no parlamento.

O pedido de Ali Khamenei, líder religioso e político que detém a última palavra em todos assuntos públicos do Irão, surge numa carta endereçada ao Presidente iraniano, Hassan Rohani, na qual volta a tecer elogios à equipa negociadora iraniana em Viena e a qualificar o acordo sobre o programa nuclear iraniano como uma "conquista".

Na missiva, publicada hoje no 'site' da presidência iraniana, o guia supremo dá tacitamente a sua aprovação ao texto do acordo, que não critica em nenhum momento, o qual diz que deve seguir os seus trâmites legais sem qualquer impedimento.

"Levar as negociações a um fim foi uma conquista. O texto final, contudo, necessita de um cuidadoso escrutínio e deve atravessar o devido processo legal. No caso de ser aprovado, há que estar preocupado com eventuais violações dos compromissos pela outra parte e fechar o caminho para que não ocorram", disse o líder.

Nesse sentido, Ali Khamenei advertiu o Presidente iraniano que "alguns dos seis países que participaram nas negociações não são fiáveis".

O líder afirmou esperar que a "querida nação iraniana" mantenha a "unidade e dignidade" para que os objetivos nacionais possam ser alcançados numa ambiente "sábio e pacífico".

A nota de Ali Khamenei figura como uma resposta a uma missiva anterior enviada por Rohani a explicar-lhe o final das negociações, nas quais "não só se derrotou o projeto da 'iranianofobia', mas também se conseguiu melhorar o estatuto do país ao ponto de a "comunidade internacional estar ansiosa por encetar negociações e cooperações com o Irão em vários domínios".

O Irão e o chamado Grupo 5+1 (Estados Unidos, França, China, Reino Unido, Rússia e Alemanha) anunciaram, esta terça-feira, ter fechado um acordo histórico, em Viena, que coloca termo a um impasse de 13 anos, interpretado por Teerão como "um novo começo" das suas relações com o mundo.

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC