sicnot

Perfil

Mundo

Autor de atentado de Boston transferido para prisão de máxima segurança nos EUA

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos informou, esta sexta-feira, que o recluso Dzhokhar Tsarnaev, condenado formalmente à morte pelos atentados da maratona de Boston de 2013, foi transferido para uma prisão de máxima segurança.

© Handout . / Reuters

Na 'Supermax', considerada a prisão federal mais segura do país, cumprem penas reclusos como Ramzi Yousef, condenado pelo ataque terrorista de 1993 contra o World Trade Center, e Zacarias Moussaoui, condenado pelos atentados de 11 de setembro de 2001 em Nova Iorque e Washington.

Tsarnaev encontrava-se num outro estabelecimento prisional, USP Florence, também localizado no estado norte-americano do Colorado.

As autoridades tinham de decidir se o enviavam para a Supermax (atendendo à previsivelmente longa fase de recurso) ou para Terre Haute, no Indiana.

O juiz federal George A. O'Toole Jr, encarregado do caso, ditou, no passado 24 de junho, a "pena de morte por execução" contra Tsarnaev por ter perpetrado com o irmão mais velho o duplo atentado de 15 de abril de 2013, que fez três mortos e 264 feridos.

Duas bombas artesanais explodiram junto à meta da popular maratona de Boston, no estado de Massachusetts, nordeste do país, num duplo atentado considerado o mais grave em solo norte-americano desde os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001.

Lusa

  • EUA assinalam 2 anos do atentado de Boston
    1:53

    Mundo

    O atentado na maratona de Boston, nos Estados Unidos, foi há dois anos. Ontem, o presidente da Câmara da cidade, familiares e amigos juntaram-se numa cerimónia de homenagem às vítimas. O atentado causou três mortos e mais de 200 feridos.

  • Divulgado novo vídeo dos atentados na Maratona de Boston
    0:42

    Mundo

    Foi divulgado um novo vídeo dos atentados na Maratona de Boston, nos Estados Unidos, em abril de 2013. As imagens agora reveladas mostram os dois irmãos suspeitos, de mochilas às costas, a circularem por entre a multidão que assistia à maratona. A certa altura, o público reage à primeira explosão e tenta perceber o que tinha acontecido. Em poucos segundos, dá-se a segunda explosão. A gravação foi revelada esta segunda-feira, durante o julgamento do irmão mais novo, que é acusado de detonar a segunda bomba. O mais velho foi morto pela polícia quanto tentava escapar, dias depois do ataque. No atentado, morreram três pessoas e mais de 260 ficaram feridas.

  • Catalunha vs Espanha
    29:35
  • "O Brexit é um desafio, é um choque negativo para todas as economias"
    1:52