sicnot

Perfil

Mundo

Encerramento de praia para rei saudita causa polémica no sul de França

O encerramento iminente de uma praia pública no sul de França, para garantir a proteção do rei saudita durante as suas férias, está a causar polémica e a lançar o descontentamento entre os utilizadores habituais do local.

© Jean-Pierre Amet / Reuters

© Jean-Pierre Amet / Reuters

© Jean-Pierre Amet / Reuters

© Jean-Pierre Amet / Reuters

Situada nos rochedos entre uma via férrea e as águas translúcidas do Mediterrâneo, a propriedade da família real saudita estende-se por um quilómetro de litoral no Golfo Juan, em Vallauris, nas proximidades de Cannes, em França.

É aqui que o rei Salman da Arábia Saudita, no poder desde a morte do rei Abdallah em janeiro último, deverá encontrar-se na próxima semana, segundo fonte da prefeitura, que acaba de decretar a interdição de acesso ao litoral ao longo desta 'vila saudita'.

A polícia marítima, por seu turno, emitiu uma ordem semelhante que determina a interdição de navegação num raio de 300 metros junto à propriedade saudita.

Segundo a imprensa francesa, o rei Salman, de79 anos, será acompanhado por mais de 400 pessoas durante as suas férias, entre as quais, para além de membros da família real, elementos de equipas médicas.

Lusa