sicnot

Perfil

Mundo

México intensifica operações policiais para tentar recapturar "El Chapo"

O Governo do México intensificou a perseguição ao narcotraficante Joaquín "El Chapo" Guzmán através de uma vasta operação em todo o país e na sequência da sua fuga de uma prisão de máxima segurança há uma semana.

© Reuters Photographer / Reuter

Após a evasão de "Em Chapo" em 11 de julho, o Governo mexicano tem garantido que efetua todos os esforços para capturar de novo o narcotraficante protagonista de uma fuga espetacular e que provocou forte indignação em todo o país.

Na sexta-feira decorreu uma reunião entre os membros do gabinete de segurança do governo e os titulares e representantes das secretarias de segurança pública das 32 entidades federais do México, para ampliar a perseguição ao líder do cartel de Sinaloa.

Os responsáveis pela operação prometeram "redobrar esforços" para a recaptura, enquanto fontes da polícia federal referiram ao diário El Universal que a operação decorre em todo o país, mas com as atenções centradas na zona central do México.

Assim, permanecem sob forte vigilância as fronteiras do Distrito federal, estado do México, Guerrero, Hidalgo, Morelos, Puebla e Tlaxcala, para evitar a fuga de "El Chapo".

Na segunda-feira as autoridades mexicanas anunciaram uma recompensa de 60 milhões de pesos (3,5 milhões de euros) por informações que conduzam à captura de "El Chapo".

Após o anúncio da recompensa, foi disponibilizada uma linha telefónica gratuita para denúncias e informações sobre o caso e exibiu "uma fotografia recente" do narcotraficante, na qual aparece sem bigode e com a cabeça rapada.

Três altos funcionários, incluindo o diretor da prisão, foram entretanto despedidos, segundo revelou o ministro do Interior mexicano, dando conta da suspeita de que "El Chapo" terá contado com a cumplicidade de pessoal da prisão de alta segurança de Altiplano.

Lusa

  • O momento da fuga de "El Chapo"
    1:44

    Mundo

    As autoridades mexicanas divulgaram o vídeo que mostra o momento da fuga de Joaquín Guzman de uma prisão de alta segurança. Um dos maiores narcotraficantes do continente americano conseguiu escapar por um buraco do chuveiro da cela onde se encontrava.

  • "Não há um verdadeiro debate democrático em Espanha"
    2:24
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    No Quadratura do Círculo desta quinta-feira, José Pacheco Pereira disse que este braço de ferro em território espanhol reforça a linha autoritária que existe em Espanha. Jorge Coelho considera que é urgente recorrer à diplomacia para definir um caminho a médio ou a longo prazo. Já o gestor Manuel Queiró afirma que Portugal não deve encarar este referendo com condescendência. 

  • O que separa a Catalunha do resto de Espanha?
    2:12

    Mundo

    Desde 1640, as revoltas catalãs representam a vontade pela distância e pela independência. Numa região que não é reconhecida formalmente como Nação, na Catalunha entende-se e fala-se mais castelhano do que catalão. Mas o que realmente separa a Catalunha do resto de Espanha?

  • A corrida ao iPhone 8 no Japão, China e Austrália
    2:04
  • Óculos inteligentes permitem controlar telemóvel com o nariz
    1:05
  • Defesa de Sócrates diz que junção do caso Rio Forte à Operação Marquês é ilegal
    0:50

    Operação Marquês

    A defesa de José Sócrates diz que a junção do caso Rio Forte à Operação Marquês é ilegal. A aplicação de 900 milhões de euros da PT no BES foi anexada ao processo, por suspeita de luvas pagas por Ricardo Salgado a Zeinal Bava e Henrique Granadeiro, também arguidos. A defesa do antigo primeiro-ministro já contestou a decisão. Diz que é uma forma de confundir o processo para ocultar, mais uma vez, a falta de provas contra Sócrates.

  • Família Portugal Ramos
    15:01