sicnot

Perfil

Mundo

Estado Islâmico pode ser responsável pelo atentado na Turquia

O primeiro-ministro turco Ahmet Davutoglu disse que a investigação ao ataque suicida ocorrido hoje de manhã, na cidade de Suruç, aponta para a autoria da grupo extremista Estado Islâmico (EI).

EPA

"As primeiras evidências dizem que a explosão foi um ataque suicida perpetrado por Daesh (acrónimo em árabe para o EI)", disse Davutoglu, durante uma entrevista coletiva em Ancara.

"Ainda não chegamos a uma conclusão", acrescentou o chefe do governo islâmico conservador.

Davutoglu disse que o autor do atentado suicida não foi identificado, mas que as informações serão tornadas públicas "assim que estiverem disponíveis".

Vários meios de comunicação turcos relataram que o atentado foi levado a cabo por uma jovem mulher, com pouco mais de vinte anos.

O primeiro-ministro da Turquia afirmou ainda que o envio de reforços militares para a fronteira com a Síria, que começou há várias semanas, vai continuar.

A cidade turca de Suruç está próximo da fronteira com a Síria.

O ataque teve como alvo o jardim de um centro cultural onde residia um grupo de jovens ativistas pró-curdos, ou ligados a grupos políticos de esquerda, que queriam atravessar a fronteira para participar na reconstrução da cidade síria de Kobane, destruída durante a batalha que em setembro do ano passado colocou frente-a-frente combatentes do EI e milícias curdas.

Trinta pessoas morreram e 100 ficaram feridas na explosão.

Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14