sicnot

Perfil

Mundo

Explosões e tiros na capital do Burundi

Várias explosões e tiros foram ouvidas hoje à noite em Bujumbura, capital do Burundi, país que realiza terça-feira uma controversa eleição presidencial, devido à recandidatura do atual chefe de Estado a um terceiro mandato.

AP

Segundo a agência noticiosa AFP, várias explosões e tiros foram ouvidos no norte e sul da capital do Burundi.

Testemunhas contactadas pela AFP afirmaram que desconhecidos abriram fogo contra polícias.

As autoridades do Burundi conseguiram pôr fim, em junho, a mais de um mês de protestos quase diários na capital do país, contra uma terceira candidatura à presidência do atual chefe de Estado, Pierre Nkurunziza, no poder desde 2005.

Em maio, conseguiram frustrar uma tentativa de golpe de Estado liderada pelo antigo chefe dos serviços secretos.

Por causa da instabilidade existente no país, mais de 150 mil pessoas do Burundi fugiram para países vizinhos.

Segundo os Médicos Sem Fronteiras, cerca de mil pessoas fogem diariamente do Burundi.

Na votação de terça-feira só participa o atual presidente, porque a oposição decidiu boicotar o escrutínio.

Lusa

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57