sicnot

Perfil

Mundo

Explosões e tiros na capital do Burundi

Várias explosões e tiros foram ouvidas hoje à noite em Bujumbura, capital do Burundi, país que realiza terça-feira uma controversa eleição presidencial, devido à recandidatura do atual chefe de Estado a um terceiro mandato.

AP

Segundo a agência noticiosa AFP, várias explosões e tiros foram ouvidos no norte e sul da capital do Burundi.

Testemunhas contactadas pela AFP afirmaram que desconhecidos abriram fogo contra polícias.

As autoridades do Burundi conseguiram pôr fim, em junho, a mais de um mês de protestos quase diários na capital do país, contra uma terceira candidatura à presidência do atual chefe de Estado, Pierre Nkurunziza, no poder desde 2005.

Em maio, conseguiram frustrar uma tentativa de golpe de Estado liderada pelo antigo chefe dos serviços secretos.

Por causa da instabilidade existente no país, mais de 150 mil pessoas do Burundi fugiram para países vizinhos.

Segundo os Médicos Sem Fronteiras, cerca de mil pessoas fogem diariamente do Burundi.

Na votação de terça-feira só participa o atual presidente, porque a oposição decidiu boicotar o escrutínio.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.