sicnot

Perfil

Mundo

Quatro trabalhadores italianos sequestrados na Líbia

Quatro cidadãos italianos, trabalhadores de uma empresa de construção no complexo que a multinacional petrolífera Eni possui em Mellitah, Líbia, foram sequestrados, informou hoje o Ministério de Assuntos Exteriores em Roma.

© Ismail Zetouni / Reuters

Os quatro trabalhadores sequestrados são empregados da sociedade Bonatti, precisou o ministério em comunicado, no qual não é mencionada a autoria dos sequestros, nem quando aconteceram.

Foi criada uma unidade de crise no ministério para acompanhar o assunto e está "em constante contato com as famílias dos compatriotas e com a empresa Bonatti", acrescenta o comunicado.

O comunicado acrescenta ainda que o ministério já havia advertido para a situação de "extrema dificuldade no país" após o encerramento da Embaixada de Itália na Líbia, a 15 de fevereiro.

Naquela ocasião, recorda a nota oficial, recomendou-se aos italianos que abandonassem o território líbio.

Lusa

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.