sicnot

Perfil

Mundo

Mariano Rajoy garante que a Catalunha nunca será independente

O chefe do Governo espanhol, Mariano Rajoy, afirmou hoje que a Catalunha "nunca será independente", garantindo que está pronto a responder a qualquer problema causado pelos que procuram separar esta região autónoma de Espanha.

© Susana Vera / Reuters

"Na eventualidade de alguém fazer declarações unilaterais [de independência] sobre assuntos que violam a lei, isso será um ataque frontal (...)", preveniu Rajoy, durante uma conferência de imprensa em Madrid, na que foi a sua referência mais direta ao processo que os independentistas catalães querem lançar.

Os apoiantes de uma separação, do resto de Espanha, desta região rica, com 7,5 milhões de habitantes, uniram-se para apresentar uma lista às eleições regionais de 27 de setembro.

O seu único programa vai ser a realização de um roteiro para a concretização da independência em 18 meses, em caso de vitória nas eleições.

Na segunda-feira, Raul Romeva, antigo deputado europeu e cabeça de lista da coligação independentista, que junta designadamente o presidente conservador catalão Artur Mas e o dirigente do partido de esquerda independentista ERC (Esquerda Republicana pela Catalunha) Oriol Junqueras, afirmou: "Se no processo o Estado espanhol, através de decisões jurídicas ou políticas, bloquear o 'autogoverno' da Catalunha, do governo ou do parlamento catalão, avançaremos com uma declaração de independência".

"Isso seria um ataque frontal às normas de coabitação sem precedente nos países democráticos civilizados", disse hoje Rajoy.

"O Governo não o vai permitir. O Governo está pronto para responder a qualquer problema que seja gerado", insistiu.

"Que os catalães estejam tranquilos (...) a soberania nacional não será quebrada. Que estejam tranquilos, porque não vai haver independência da Catalunha", acrescentou.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.