sicnot

Perfil

Mundo

Ministro francês dos Negócios Estrangeiros visita Irão na próxima semana

O ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Laurent Fabius, anunciou hoje que vai visitar o Irão "na próxima semana", onde se encontrará com o Presidente Hassan Rohani, após a conclusão do acordo histórico sobre o programa nuclear de Teerão.

© Leonhard Foeger / Reuters

"Estarei lá na próxima semana", declarou o ministro à rádio France International.

Segundo a sua comitiva, a visita está prevista para dia 29 de julho.

"O meu colega iraniano (Mohammad Javad) Zarif convidou-me. Já me tinha convidado antes, só que eu não tinha aceitado, mas agora acho que estão reunidas todas as condições", explicou o ministro francês.

Os representantes do Medef, a principal organização patronal francesa, deverão visitar o Irão "em setembro", indicou.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou, na segunda-feira, o acordo nuclear assinado seis dias antes (a 14 de julho) pelo Irão e pelas grandes potências, abrindo caminho para o levantamento das sanções internacionais que vigoram desde 2006 sobre a República Islâmica.

Esta perspetiva "atiça os apetites económicos" dos ocidentais para o mercado iraniano, noticia a agência francesa AFP.

Na segunda-feira, o ministro da Economia alemão, Sigmar Gabriel, acompanhado da vice-chanceler, foi o primeiro dirigente ocidental a visitar Teerão depois da conclusão do acordo nuclear, com o objetivo de reforçar as relações económicas entre a Alemanha e o Irão.

Com mais de 80 milhões de habitantes, o mercado iraniano representa um grande interesse para as empresas francesas, como as construtoras automóveis PSA Peugeot, Citroen e Renault, e para a petrolífera Total.

Sob o efeito das sanções que visam a República Islâmica, a França viu as suas trocas comerciais com Irão cairem para 500 milhões de euros em 2013, um valor oito vezes inferior ao registado em 2004, de acordo com um relatório do Senado francês.

Segundo o Fundo Monetário Internacional, a China e a Coreia do Sul são os principais fornecedores do Irão, enquanto a França fica na sétima posição, atrás da Alemanha e da Itália, em termos de países europeus.

Lusa

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Gémeas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC