sicnot

Perfil

Mundo

ONU apela à calma no Burundi em dia de eleição presidencial

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, apelou na segunda-feira às autoridades do Burundi para "fazerem tudo para garantir a segurança e a realização pacífica" da eleição presidencial.

© Stringer . / Reuters

Em comunicado publicado horas antes do início do escrutínio, Ban Ki-moon instou "todas as partes a evitarem todas as formas de violência que possam comprometer a estabilidade do Burundi e da região" e "reiterou o seu apelo à retoma de um diálogo franco".

Recordando que a Missão de Observação Eleitoral das Nações Unidas no Burundi (MENUB) destacou observadores para acompanhar as eleições, o secretário-geral da ONU instou "todas as partes a facilitarem o cumprimento da sua missão e pediu em particular ao governo para assegurar a segurança dos observadores".

Cerca de 3,8 milhões de nacionais do Burundi elegem hoje o seu Presidente, numa votação denunciada pela oposição e sociedade.

Na base das críticas está o argumento dos que consideram contrário à Constituição um terceiro mandato do Presidente Pierre Nkurunziza, cuja candidatura afundou o país na pior crise política dos últimos dez anos.

Lusa

  • Explosões e tiros na capital do Burundi

    Mundo

    Várias explosões e tiros foram ouvidas hoje à noite em Bujumbura, capital do Burundi, país que realiza terça-feira uma controversa eleição presidencial, devido à recandidatura do atual chefe de Estado a um terceiro mandato.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.