sicnot

Perfil

Mundo

Presidente da Federação Boliviana de Futebol em prisão preventiva

Um juiz ordenou, na terça-feira, a prisão preventiva do presidente da Federação Boliviana de Futebol e tesoureiro da Confederação Sul-Americana, Carlos Chavez, por alegada corrupção.

© David Mercado / Reuters

"O Ministério Público ordenou a prisão preventiva de Carlos Chavez" na prisão de Santa Cruz, disse o procurador-geral.

O secretário-geral da Federação, Alberto Lozada, envolvido no mesmo caso, ficou em prisão domiciliária.

O Ministério Público da Bolívia iniciou a investigação após suspeitas de alegada corrupção na gestão dos recursos que entram no país, na sequência do escândalo de corrupção da FIFA.

A 27 de maio, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos indiciou por corrupção 14 membros da FIFA.

Segundo investigações, pelo menos 7,5 milhões de dólares foram atribuídos à Federação de Futebol da Bolívia.

Lusa