sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro navio com ajuda humanitária da ONU chega ao Iémen

Um navio com ajuda humanitária da ONU atracou hoje no porto de Áden, o primeiro da organização a chegar à cidade do sul do Iémen desde o início do conflito há quase quatro meses, anunciou o governador.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Stringer . / Reuters

"É o primeiro navio da ONU que atraca em Áden para entregar ajudar humanitária, desde o início da guerra", desencadeada no final de março pela tomada da cidade por rebeldes xiitas, declarou Nayef al-Bakri aos jornalistas no cais.

O navio foi fretado pelo Programa Alimentar Mundial (PAM), que nas últimas semanas tentou repetidamente fazer chegar ajuda à cidade portuária sem êxito.

Em maio, atracaram em Áden navios enviados pelos Emirados Árabes Unidos.

O cessar-fogo humanitário declarado, no início do mês, pela ONU não foi respeitado.

Durante a última semana, as forças leais ao presidente exilado Abd Rabbo Mansur Hadi reconquistaram a maior parte de Áden, nas mãos dos rebeldes 'huthi' xiitas e aliados.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.