sicnot

Perfil

Mundo

FedEx anuncia compra à Boeing de 50 aviões de carga modelo 767-300F

A empresa de distribuição e transporte de encomendas norte-americana FedEx anunciou a compra de 50 aviões de carga ao fabricante aeronáutico Boeing, num acordo que inclui uma opção para aumentar o pedido até 100 aparelhos nos próximos anos.

reuters

No caso de a FedEx decidir aumentar o pedido até aos 100 aviões do modelo 767-300F a aquisição deverá rondar cerca de 10.000 milhões de dólares.

Em qualquer dos casos, a compra da FedEx permite à Boeing manter a linha de produção do seu modelo 767-300F pelo menos durante mais dez anos, escreve a agência Efe.

"A aquisição destes aviões 767 adicionais vai-nos permitir reduzir os custos estruturais, melhorar a eficiência energética e aumentar a confiança na nossa rede global", indicou em comunicado o presidente e conselheiro delegado da FedEx Express (a divisão responsável pela compra), David Bronczek.

Os primeiros 50 aviões vão ser entregues à FedEx entre 2017 e 2023.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.