sicnot

Perfil

Mundo

Cinco membros de uma família assassinados no Oklahoma, EUA

A polícia encontrou esta madrugada um casal e três dos seus filhos assassinados numa casa na localidade de Broken Arrow, no Estado do Oklahoma, e deteve outros dois filhos, informaram as autoridades.

Broken Arrow é um subúrbio da cidade de Tulsa, a segunda mais povoada do Oklahoma, habitado por famílias da classe média alta.

Broken Arrow é um subúrbio da cidade de Tulsa, a segunda mais povoada do Oklahoma, habitado por famílias da classe média alta.

Justin Juozapavicius / AP

A cena que foi encontrada pelos agentes quando entraram na casa era dantesca, com os dois adultos e três menores mortos à facada e ainda outras duas menores, uma com 13 anos, que estava ferida, e outra com apenas dois anos, ilesa.

A família era composta por nove pessoas, o casal e sete filhos, quatros dos quais rapazes e três raparigas.

Os detidos, com 16 e 18 anos, filhos e irmãos das vítimas, procuraram escapar quando os agentes chegaram à casa, depois de alertados por uma chamada feita às 23:30 locais (05:30 de Lisboa).

Os jovens conseguiram esconder-se num bosque próximo da habitação, mas os cães da polícia conseguiram detetá-los e foram presos minutos depois.

"Um crime destes não tem precedentes na nossa zona", afirmou o sargento Thomas Cooper, porta-voz do Departamento de Polícia de Broken Arrow.

Broken Arrow é um subúrbio da cidade de Tulsa, a segunda mais povoada do Oklahoma, habitado por famílias da classe média alta.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47