sicnot

Perfil

Mundo

Mulheres acusam comunidade internacional de ignorar o que está a acontecer no Iémen

Mulheres acusam comunidade internacional de ignorar o que está a acontecer no Iémen

Um grupo de mulheres manifestou-se esta quinta-feira na capital do Iémen, Saná, em frente ao edifício das Nações Unidas. Dezenas de manifestantes juntaram-se na sede da ONU, com bandeiras, cartazes e fotografias das vítimas dos ataques aéreos sauditas. Algumas das manifestantes explicaram o porquê do protesto, acusando a comunidade internacional de permanecer em silêncio perante os ataques sobre civis naquele país.

  • Conflito no Iémen fez 944 mortos e 3.487 feridos num mês
    2:00

    Mundo

    A violência no Iémen matou 944 pessoas e fez 3.487 feridos desde meados de março. Os dados foram hoje divulgados pela Organização Mundial de Saúde. Também hoje a Organização Internacional para as Migrações anunciou que suspendeu temporariamente a evacuação de estrangeiros do país, por causa da falta de segurança.

  • Continuam combates no Iémen entre mílicias xiitas e forças governamentais
    0:55

    Mundo

    Continuam os combates no Iémen entre as mílicias xiitas apoiadas pelo Irão e as forças governamentais. Há relatos de confrontos no sul, apesar do anúncio, ontem, do fim da campanha aérea da coligação liderada pela Arábia Saudita. Barack Obama advertiu o Irão face a um eventual fornecimento de armas aos rebeldes. Hoje, o Presidente do Irão continua a negar qualquer envolvimento e voltou a apelar a uma solução negociada para alcançar a paz na região.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.