sicnot

Perfil

Mundo

Mulheres acusam comunidade internacional de ignorar o que está a acontecer no Iémen

Mulheres acusam comunidade internacional de ignorar o que está a acontecer no Iémen

Um grupo de mulheres manifestou-se esta quinta-feira na capital do Iémen, Saná, em frente ao edifício das Nações Unidas. Dezenas de manifestantes juntaram-se na sede da ONU, com bandeiras, cartazes e fotografias das vítimas dos ataques aéreos sauditas. Algumas das manifestantes explicaram o porquê do protesto, acusando a comunidade internacional de permanecer em silêncio perante os ataques sobre civis naquele país.

  • Conflito no Iémen fez 944 mortos e 3.487 feridos num mês
    2:00

    Mundo

    A violência no Iémen matou 944 pessoas e fez 3.487 feridos desde meados de março. Os dados foram hoje divulgados pela Organização Mundial de Saúde. Também hoje a Organização Internacional para as Migrações anunciou que suspendeu temporariamente a evacuação de estrangeiros do país, por causa da falta de segurança.

  • Continuam combates no Iémen entre mílicias xiitas e forças governamentais
    0:55

    Mundo

    Continuam os combates no Iémen entre as mílicias xiitas apoiadas pelo Irão e as forças governamentais. Há relatos de confrontos no sul, apesar do anúncio, ontem, do fim da campanha aérea da coligação liderada pela Arábia Saudita. Barack Obama advertiu o Irão face a um eventual fornecimento de armas aos rebeldes. Hoje, o Presidente do Irão continua a negar qualquer envolvimento e voltou a apelar a uma solução negociada para alcançar a paz na região.

  • Hugo Soares combinou reunião com Rio para "quando houver ocasião"
    0:33

    País

    O líder parlamentar do PSD garantiu hoje que vai falar com Rui Rio sobre a sua continuidade no cargo. Hugo Soares quebrou o silêncio sobre o assunto para dizer apenas que falou logo no sábado com o novo líder dos sociais-democratas, para o felicitar pela vitória.

  • Vizinhos chocados com casal que mantinha 13 filhos "presos em casa, acorrentados às camas"
    3:01

    Mundo

    Um casal foi detido na Califórnia acusado de tortura e maus tratos a 13 filhos que mantinham acorrentados e em cativeiro. Depois do alerta de uma das filhas, que conseguiu fugir, a polícia encontrou um cenário de horror com crianças acorrentadas e desnutridas. Os vizinhos desconheciam a situação e estão alarmados com o caso. Alguns confessam até que desconheciam que naquela casa vivesse um casal com 13 filhos.