sicnot

Perfil

Mundo

Oito mortos em ataque a aldeia na Nigéria atribuído por residentes ao Boko Haram

Oito pessoas foram hoje mortas por homens armados, presumivelmente do grupo terrorista Boko Haram, numa aldeia no estado de Borno, no nordeste da Nigéria, segundo fontes locais citadas pela agência France Presse (AFP).

EPA

"Os homens armados, que pensamos serem do Boko Haram, chegaram à aldeia perto das 21:00 (20:00 em Lisboa) de ontem [quarta-feira] e mataram oito pessoas", declarou Umar Goni, habitante da aldeia de Pompomari.

"Dirigiram-se primeiro à casa do chefe da aldeia, que por sorte não estava, mataram o seu filho, e depois atacaram a casa de um miliciano" anti-Boko Haram, que foi morto com os seus dois filhos, precisou.

"Mataram ainda outro miliciano na sua casa", acrescentou, "e depois dirigiram-se a uma casa de abrigo para refugiados dos ataques do Boko Haram, e abateram três pessoas".

Yuram Bura, um miliciano que combate o grupo terrorista independentemente do exército nigeriano, confirmou o ataque e o número de mortos.

Pompomari situa-se a cerca de 15 quilómetros de Biu, a maior cidade do sul do Borno, o estado mais afetado pela violência extremista no país mais populoso de África.

No início do mês, a aldeia de Miringa, situada a um quilómetro de Pompomari, sofreu um ataque semelhante, quando dois homens armados juntaram durante a noite 11 homens acusados de se recusarem a juntar-se ao Boko Haram, e os executaram.

A violência do grupo terrorista e as campanhas do exército contra os extremistas já causou mais de 15.000 mortos e 1,5 milhões de refugiados na Nigéria desde 2009.

Lusa

  • Uruguai apurado depois de vencer a Arábia Saudita (1-0)

    Mundial 2018 / Uruguai

    O Uruguai venceu a Arábia Saudita por 1-0 numa partida da 2ª jornada do grupo A do Mundial da Rússia. Luis Suárez inaugurou o marcador aos 23 minutos na sequência de um canto em que o guarda-redes saudita, que participa pela primeira vez em campeonatos do mundo, falhou a bola. Nos minutos seguintes a Arábia Saudita tentou responder com remates perigosos à baliza de Fernando Muslera, mas sem conseguir marcar. O saudita Taisir Al-Jassim também saiu lesionado deste jogo, depois de um choque com Guillermo Varela que o impediu de continuar a partida. O resultado vem resolver as contas do grupo A ao apurar a Rússia e o Uruguai para os oitavos de final.

  • A barba de Cristiano Ronaldo é para manter
    0:50