sicnot

Perfil

Mundo

Polícia interceta autocarro com 19 crianças no sul de Angola para trabalho infantil

A Polícia angolana impediu o transporte de 19 menores, que estavam a ser levadas para a província do Namibe, supostamente para trabalhos forçados, disse hoje à agência Lusa fonte do Serviço de Investigação Criminal (SIC).

© Finbarr O'Reilly / Reuters

Segundo o porta-voz do SIC, Cristiano Francês, alertada por uma denúncia a polícia deteve em flagrante, por volta da 21:00 de quarta-feira, a viatura que transportava os menores, com idades inferiores a 15 anos para localidades próximas da comuna da Lucira, sul do país.

Cristiano Francês acrescentou que as crianças eram provenientes de Capunda Cavilongo, província da Huíla e estavam a ser transportados num autocarro privado (empresa Socolil), para fazendas na comuna de Lucira.

Em 2013, um camião com 54 crianças foi intercetado pela polícia angolana no sul de Angola, quando presumivelmente se dirigiam para a apanha de tomate, onde iriam trabalhar como mão-de-obra barata.

As crianças, com idades entre os oito e dez anos, eram provenientes do município da Chibia, província da Huíla, e tinham como destino fazendas de tomate na comuna da Lucira, entre o Namibe e Benguela, no sul de Angola.

Na altura, o chefe dos serviços do Instituto Nacional da Criança, Mário Tchova, disse que o fenómeno era recorrente, havendo informações sobre crianças retiradas do interior, concretamente da Huíla, para trabalharem em fazendas junto dos vales do rio Berro e Giraul, nos arredores do Namibe.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.