sicnot

Perfil

Mundo

Polícia interceta autocarro com 19 crianças no sul de Angola para trabalho infantil

A Polícia angolana impediu o transporte de 19 menores, que estavam a ser levadas para a província do Namibe, supostamente para trabalhos forçados, disse hoje à agência Lusa fonte do Serviço de Investigação Criminal (SIC).

© Finbarr O'Reilly / Reuters

Segundo o porta-voz do SIC, Cristiano Francês, alertada por uma denúncia a polícia deteve em flagrante, por volta da 21:00 de quarta-feira, a viatura que transportava os menores, com idades inferiores a 15 anos para localidades próximas da comuna da Lucira, sul do país.

Cristiano Francês acrescentou que as crianças eram provenientes de Capunda Cavilongo, província da Huíla e estavam a ser transportados num autocarro privado (empresa Socolil), para fazendas na comuna de Lucira.

Em 2013, um camião com 54 crianças foi intercetado pela polícia angolana no sul de Angola, quando presumivelmente se dirigiam para a apanha de tomate, onde iriam trabalhar como mão-de-obra barata.

As crianças, com idades entre os oito e dez anos, eram provenientes do município da Chibia, província da Huíla, e tinham como destino fazendas de tomate na comuna da Lucira, entre o Namibe e Benguela, no sul de Angola.

Na altura, o chefe dos serviços do Instituto Nacional da Criança, Mário Tchova, disse que o fenómeno era recorrente, havendo informações sobre crianças retiradas do interior, concretamente da Huíla, para trabalharem em fazendas junto dos vales do rio Berro e Giraul, nos arredores do Namibe.

Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07