sicnot

Perfil

Mundo

Quarenta desaparecidos em naufrágio na Líbia

Um naufrágio, no Mediterrâneo, junto à costa Líbia, causou cerca de quarenta desaparecidos, segundo o testemunho de sobreviventes, informou hoje o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR).

© Soe Zeya Tun / Reuters

O porta-voz do ACNUR em Itália Frederico Fossi disse à agência France Presse que os seus colegas "estão a entrevistar os sobreviventes deste naufrágio, que tinha como destino a Europa", que chegaram esta tarde à localidade italiana de Augusta, na Sicília, para saber quantas pessoas estão ainda desaparecidas.

Os sobreviventes estimam que existam 35 a 40 desaparecidas e o ACNUR teme que haja mortos entre os desaparecidos.

O porta-voz do ACNUR disse que a maioria dos migrantes são do sexo masculino e provêm de países da África subsariana, como a Somália, a Eritreia, Benin e Mali.

Lusa

  • Sabe onde fica a Nambia? Algures em África, segundo Trump

    Mundo

    "O sistema de saúde na Nambia é incrivelmente autossuficiente", declarou o Presidente dos Estados Unidos num discurso proferido num almoço com líderes africanos. No encontro, realizado esta quarta-feira à margem da 72.ª Assembleia-Geral da ONU, em Nova Iorque, Donald Trump repetiu o erro. Os utilizadores das redes sociais não perdoaram mais este "lapso" do chefe de Estado norte-americano.

  • Ambiente e direitos humanos dominam discurso de Costa na ONU
    2:03
  • Yoko Ono obriga limonada "John Lemon" a mudar de nome

    Cultura

    A viúva do Beatle John Lennon ameaçou processar uma empresa de bebidas polaca por causa da limonada "John Lemon". Yoko Ono não terá gostado do trocadilho entre Lennon e Lemon (limão, em inglês) e quer ver toda e qualquer garrafa com este rótulo retirada do mercado.