sicnot

Perfil

Mundo

Sobe para 21 o número de mortos em naufrágio no Rio Nilo

O número de mortos no acidente no Rio Nilo subiu para 21, na sequência do naufrágio de um ''ferry'', que chocou com uma barcaça de transporte fluvial, segundo novo balanço das autoridades egipcías.

© Mohamed Abd El Ghany / Reuter

Cinco pessoas foram resgatadas e hoje de manhã prosseguiam as operações de para encontrar seis passageiros desaparecidos, adiantaram as autoridades, que não precisaram o número total de passageiros do 'ferry'.

O Ministério do Interior tinha inicialmente reportado 15 mortos.

De acordo com as autoridades, os passageiros estavam a comemorar um noivado a bordo de um pequeno barco.

Em fevereiro de 2006, mais de 1.000 passageiros morreram no naufrágio do ferry egípcio "Al-Salam" no Mar Vermelho, o mais mortífero acidente marítimo na história do país.

Os naufrágios de embarcações são relativamente frequentes no Nilo, em especial devido ao precário estado das embarcações e à sobrelotação de passageiros.

Um dos piores acidentes deste tipo, no Egito, ocorreu a 25 de maio de 1983, quando 326 pessoas perderam a vida no Nilo.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.