sicnot

Perfil

Mundo

Polícia turca dispersa manifestação contra o grupo Estado Islâmico em Ancara

A polícia turca dispersou hoje, com canhões de água, uma manifestação contra o grupo terrorista Estado Islâmico (EI), em Ancara, e fez várias detenções, noticiou a agência noticiosa francesa AFP.

© Stringer Turkey / Reuters

Centenas de pessoas protestaram contra o atentado bombista de segunda-feira, atribuído ao EI, e que causou 32 mortos em Suruç, junto à fronteira com a Síria, e contra o governo do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

A polícia, em número muito superior aos manifestantes, interveio com canhões de água e gás pimenta para dispersar o protesto.

De acordo com os 'media' turcos, a polícia deteve cerca de 30 pessoas.

As autoridades turcas têm demonstrado pouca tolerância relativamente aos protestos contra a campanha de violência dos 'jihadistas', apesar de estar a bombardear alvos do EI na Síria.

Os manifestantes acusaram o governo turco de permitir a entrada de combatentes do EI na Turquia.

As autoridades de Istambul proibiram hoje uma "marcha da paz" contra os 'jihadistas", prevista para domingo na cidade, evocando razões de segurança e perturbações do tráfego.

Em Gazi, no distrito de Istambul, a polícia usou canhões de água para dispersar uma marcha em memória de Gunay Ozaslan, ativista de esquerda morto na sexta-feira durante uma operação policial, disse a agência noticiosa turca Dogan.

Lusa

  • Mosquito transmissor da dengue detetado em Portugal

    País

    Uma espécie de mosquito que é transmissor do vírus da dengue foi identificado pela primeira vez em Portugal, na região Norte do país, anunciou esta quarta-feira a Direção-geral da Saúde (DGS) e o Instituto Doutor Ricardo Jorge.

  • Marcelo não comenta proposta sobre nomeação do governador do BdP
    0:14

    Economia

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar a proposta do grupo de trabalho para a reforma da supervisão financeira, que recomenda que o governador do Banco de Portugal seja nomeado pelo Presidente da República. Marcelo não quis comentar o assunto esta quarta-feira durante a tomada de posse do Reitor da Universidade de Lisboa.

  • Habitantes da favela da Rocinha temem novo episódio violento
    2:54

    Mundo

    Localizada no Rio de Janeiro, a Rocinha, maior favela do Brasil, foi palco de um tiroteio entre traficantes, no último fim de semana. Agora, pelo terceiro dia consecutivo, a polícia do Rio de Janeiro está a fazer um cerco em algumas favelas cariocas à procura de traficantes. A comunidade está assustada e receia que episódios violentos como este se repitam.