sicnot

Perfil

Mundo

Papa pede libertação de jesuíta italiano raptado na Síria

O Papa Francisco apelou hoje, durante a oração do Angelus, no Vaticano, à libertação de um jesuíta italiano, o padre Paolo Dall'Oglio, raptado na Síria há dois anos.

Andrew Medichini/ AP

O Papa reclamou "um compromisso renovado das autoridades locais e internacionais" para a libertação de todos os reféns.

Perante milhares de fiéis reunidos na Praça de São Pedro, o papa usou um 'tablet' para se inscrever nas Jornadas Mundiais da Juventude, que terão lugar no próximo ano na Polónia.

"Quis eu mesmo abrir as inscrições e acabo de registar-me como um simples peregrino, graças a este dispositivo eletrónico", disse o papa, cercado por dois jovens.

A 31.ª edição da Jornada Mundial da Juventude está marcada para o verão de 2016, em Cracóvia, a cidade de origem do papa João Paulo II, mentor do evento.

A edição anterior aconteceu em 2013 no Rio de Janeiro, pouco após a eleição de Francisco.

Lusa

  • O perfil de Jorge Bergoglio
    2:08

    Francisco, o novo Papa

    Jorge Bergoglio é o sucessor de Bento XVI. Vai adotar o nome Francisco e é o primeiro argentino a chefiar a igreja católica. O novo Papa é um homem de hábitos simples, filho de um italiano que emigrou para a Argentina é também o primeiro Papa jesuíta.

  • Papa apela à solidariedade entre os jovens
    0:40

    Mundo

    O Papa Francisco apelou à solidariedade dos jovens para com os mais desfavorecidos. No final do dia de visita ao Paraguai, o país com a maior percentagem de católicos na América Latina, Francisco lembrou aos jovens que é necessário lutar por uma vida digna e ajudar aqueles que mais precisam. O Papa terminou assim a visita de três dias ao Equador, Bolívia e Paraguai.

  • DIRETO: Portuguesa entre os 14 mortos dos atentados na Catalunha

    Ataque em Barcelona

    Uma das 13 vítimas mortais do atentado de ontem em Barcelona é portuguesa e há uma outra portuguesa desaparecida. Entretanto, uma pessoa morreu e cinco suspeitos foram abatidos num segundo ataque esta madrugada em Cambrils. As buscas centram-se num nome: Moussa Oukabir. Siga aqui as últimas informações, ao minuto.

    Em atualização

  • O momento em que os suspeitos foram abatidos em Cambrils
    2:35
  • Driss Oukabir: suspeito do atentado ou vítima de roubo de identidade?
    2:40

    Ataque em Barcelona

    Um dos dois suspeitos, do ataque nas Ramblas, detidos pela polícia foi inicialmente identificado como Driss Oukabir, um homem de 28 anos. Mais tarde, um homem com o mesmo nome apresentou-se numa esquadra em Girona, a mais de 100 quilómetros do local do atropelamento afirmando que lhe tinha sido roubada a identificação. De acordo com alguma imprensa espanhola, poderá ter sido o irmão, Moussa Oukabir, um jovem de 18 anos que vive em Barcelona, como explicou também Nuno Rogeiro, comentador da SIC.

  • "O abandono provoca incêndios desta dimensão"
    0:55

    País

    O antigo vereador da Câmara de Mação José Silva acredita que a desertificação do interior também é, em parte, responsável pelos incêndios. Segundo José Silva, Mação tem cada vez menos habitantes e é por essa razão que os terrenos são deixados ao abandono.

  • Mação perdeu 80% da área florestal
    3:39
  • Ágata candidata-se à Câmara de Castanheira de Pera
    3:42