sicnot

Perfil

Mundo

EUA libertam o mais jovem condenado de sempre

O norte-americano que se tornou o assassino mais jovem condenado, com 12 anos, foi libertado hoje da prisão, onde passou os últimos 16 anos por ter morto a namorada do pai, Sonya Nicole Speights.

Patrick Semansky

Curtis Jones, agora com 29 anos, foi presente a juiz juntamente com a sua irmã de 13 anos, Catherine Jones, e ambos foram considerados culpados e enviados para um estabelecimento prisional em 1999.

De acordo com um porta-voz da instituição prisional, Curtis foi libertado hoje às 07:00 locais (12:00, hora de Portugal Continental) da prisão South Bay Correctional Facility, na Flórida.

Em 1999, os irmãos Jones tornaram-se os condenados mais jovens dos EUA a serem detidos após terem confessado o crime.

Nos relatórios originais afirma-se que o crime ocorreu devido aos ciúmes que as crianças sentiam da madrasta, mas os documentos divulgados no jornal online Florida Today, sugeriam que o crime tinha sido causado por supostos abusos sexuais a que Curtis e Catherine Jones teriam sido sujeitos por um familiar do sexo masculino.

Os irmãos teriam supostamente planeado matar o seu pai e a madrasta porque achavam que os dois os estavam a ignorar. Mas após o disparo que assassinou a madrasta, as crianças ficaram assustadas e esconderam-se, sendo presos só no dia seguinte.

Curtis ficará em liberdade condicional até ao fim da vida e Catherine irá ser libertada em breve.

Lusa

  • Portugal vai fechar fronteiras durante a visita do Papa

    País

    O Conselho de Ministros aprovou hoje a reposição temporária do controlo de fronteiras durante a visita do papa Francisco em maio a Fátima. A reposição do controlo de fronteiras decorrerá entre 00:00 de 10 de maio e as 00:00 de 14 de maio.

  • "Civis devem ser prioridade absoluta no Iraque", diz Guterres

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, chegou hoje ao Iraque para abordar a situação da ajuda humanitária, e pediu que a proteção dos civis seja a "prioridade absoluta" à medida que as forças iraquianas batalham para retomar Mossul.

  • Fomos conhecer o novo Samsung S8
    1:42
  • E depois do Brexit?
    3:42
  • Britânicos a viver no Algarve falam em desilusão
    2:32

    Brexit

    Para muitos dos britânicos que vivem no Algarve, o Brexit é a confirmação de que o resultado surpreendente do referendo não tem retorno. Certificados de residência e até a dupla nacionalidade são questões que a partir de agora passam a estar em cima da mesa.