sicnot

Perfil

Mundo

Espião israelita preso nos EUA há 30 anos vai ser libertado

O espião israelita Jonathan Pollard, preso em 1985 e condenado a prisão perpétua em 1987 nos Estados Unidos, vai ser libertado a 21 de novembro, anunciaram hoje os seus advogados.

© Baz Ratner / Reuters

"O Conselho de Liberdade Condicional emitiu um aviso a conceder liberdade 'pro bono' ao nosso cliente J. Pollard", afirmaram, em comunicado, os seus advogados Eliot Lauer e Jacques Semmelman, acrescentando que deverá ser libertado a 21 de novembro.

A administração do Presidente norte-americano, Barack Obama, anunciou já que não se vai opor.

"A decisão não está relacionada com os recentes acontecimentos no Médio Oriente", disseram os advogados, referindo-se ao acordo sobre o programa nuclear iraniano.

Jonathan Pollard foi condenado nos Estados Unidos por espionagem a favor de Israel e o seu caso tem sido uma fonte de tensão entre os dois países.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, disse hoje que "espera impacientemente" a libertação de Pollard, depois de anos de esforços políticos e diplomáticos.

"Depois de décadas de esforço, Jonathan Pollard será finalmente libertado. Ao longo de todos estes anos falei sempre sobre a sua libertação em encontros e conversas com a liderança das sucessivas administrações norte-americanas", referiu, em comunicado, o primeiro-ministro israelita.

Lusa

  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • "Toda a gente merece direitos iguais"
    0:14

    Mundo

    A polícia de Istambul montou cordões de segurança para dispersar a multidão que se juntou para a Marcha do Orgulho Gay, este domingo. O Governo proibiu a marcha por considerar que representa um risco para a segurança pública. Uma das ativistas fala numa decisão sem sentido, e diz que todas as pessoas merecem direitos iguais.

  • "Ela veio lá de fora e começou a atropelar as pessoas"
    0:43

    Mundo

    O atropelamento deste sábado em Newcastle, no Reino Unido, provocou pelo menos seis feridos. No local, as pessoas relatam momentos de pânico. Uma testemunha afirma que a condutora nunca perdeu o controlo do carro e que dirigiu intencionalmente contra a multidão.