sicnot

Perfil

Mundo

Londres desbloqueia 10 milhões de euros para reforçar a segurança do Eurotúnel

O Ministério do Interior britânico anunciou hoje uma extensão 10 milhões de euros para reforçar a segurança do terminal de embarque do Eurotúnel, em Coquelles, no norte de França, segundo a deputada inglesa Theresa May.

REUTERS

A deputada Theresa May disse que o governo britânico trabalha em colaboração com a França, numa situação que afeta os dois países. Adiantou que a França já reforçou a segurança dos seus portos devido à tentativa de entrada de imigrantes pelo Túnel do Canal da Mancha na madrugada de hoje.

Nesse sentido, o governo britânico decidiu estender o pacote de fundos monetários para reforço da segurança dos portos, que já contava com 15 milhões de libras (21 milhões de euros) e agora conta com mais sete milhões.

Em setembro de 2014, a França e o Reino Unido criaram este fundo de capital financeiro como resposta à crescente pressão migratória.

"Com os nossos parceiros britânicos, nós cofinanciámos algumas infraestruturas de segurança, nomeadamente de transporte, para deter os imigrantes de chegar ao porto de Calais. Eles devem perceber que não há possibilidade de atravessar o Canal da Mancha e nós vamos agir para que isso seja compreendido", declarou Bernard M. Cazeneuve, ministro do interior inglês, à agência noticiosa France Presse.

As tentativas de passagem no Eurotunnel tornaram-se cada vez mais recorrentes e com consequências mais trágicas - pelo menos oito imigrantes já morreram desde o início de junho.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.