sicnot

Perfil

Mundo

Desmond Tutu novamente hospitalizado

O arcebispo emérito da Cidade do Cabo e prémio Nobel da Paz, Desmond Tutu, foi hospitalizado hoje naquela cidade sul-africana devido à uma infeção, a segunda vez em apenas duas semanas.

Matt Dunham

O prelado, de 83 anos, antigo ativista contra o "apartheid", também foi hospitalizado há 15 dias por não responder aos antibióticos que tomava para combater uma infeção e teve alta há uma semana, segundo os meios de comunicação sul-africanos.

Tutu encontrava-se a tomar antibióticos para tratar uma infeção persistente, não relacionada com o cancro de próstata que lhe foi diagnosticado há 15 anos, e foi hospitalizado hoje por não se sentir bem.

Os seus médicos consideraram prudente para o arcebispo voltar ao hospital para permanecer sob vigilância, apontou o comunicado da Fundação Desmond e Leah Tutu.

O Presidente sul-africano, Jacob Zuma, desejou já a "pronta recuperação do arcebispo", segundo o diário digital Eyewitness News.

"Pedimos à nação para mantê-lo e aos seus familiares nos nossos pensamentos", declarou Zuma.

Tutu foi galardoado com o Prémio Nobel da Paz, em 1984, pela sua denúncia aberta do regime segregacionista do "apartheid".

Nos últimos anos tem lutado contra a propagação do HIV/Sida no país e criticado a corrupção e o suposto que consdera ser autoritarismo do Congresso Nacional Africano (ANC, sigla em inglês), de que anteriormente foi aliado, entre outros temas que tem acompanhado.

Desmond Tutu, que critica as ditaduras de todos os quadrantes ideológicos, mantém-se fiel à causa palestiniana e tem também defendido os direitos dos homossexuais e apoiado o Tribunal Penal Internacional (TPI), que alguns líderes africanos qualificam como colonialista.

Lusa

  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • Explosão próximo do aeroporto de Damasco

    Mundo

    A televisão do movimento xiita libanês Hezbollah, aliado do regime sírio, noticiou hoje que a explosão ocorrida esta madrugada perto do aeroporto de Damasco "foi provavelmente" resultado de um ataque israelita contra depósitos de combustível.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Os filhos do divórcio
    20:50
  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • "Esta moda bizarra de não vacinar crianças tem tido estas consequências"
    1:43

    Surto de sarampo

    Há mais um caso de sarampo registado pela Direção-Geral da Saúde, no total já são 25. Francisco George garantiu que a situação não é preocupante para as crianças em idade escolar e recomendou uma discussão parlamentar sobre a vacinação. Mais de 11 mil pessoas já assinaram uma petição pública a defender a vacinação obrigatória. 

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e a organização espera ter 60 mil participantes.