sicnot

Perfil

Mundo

Avião da Cathay Pacific faz aterragem de emergência no Alasca

Um avião da Cathay Pacific, que descolou de Hong Kong com destino a Los Angeles, foi forçado a fazer uma aterragem de emergência, na noite de quarta-feira, numa base militar no Alasca (EUA) após ter sido detetado fumo.

© Bobby Yip / Reuters

O voo fez um "desvio por precaução" para um aeroporto militar norte-americano, nas Ilhas Aleutian, informou a companhia aérea.

"Todos os passageiros e membros da tripulação estão a salvo", afirmou a Cathay Pacific, em comunicado, dando conta de que seguiam a bordo 294 pessoas.

Uma porta-voz da companhia aérea disse hoje à agência AFP que o Boeing já partiu da base militar e chegou a Anchorage, a cidade mais populosa do Alasca.

A Cathay Pacific, que indicou ter delineado arranjos para assistir os passageiros afetados pelo desvio do voo CX884, informou que vai ser lançada uma investigação sobre a causa do fumo detetado.

Lusa

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.