sicnot

Perfil

Mundo

Mulher russa de 68 anos terá morto e desmembrado pelo menos 13 pessoas

A história de uma serial-killer, de 68 anos, está a chocar a Rússia. A mulher terá assassinado pelo menos 13 pessoas.

As autoridades acreditam que os relatos são verdadeiros e não uma fantasia desta mulher.

As autoridades acreditam que os relatos são verdadeiros e não uma fantasia desta mulher.

A idosa foi detida em São Pertesburgo, na passada terça-feira, depois de fortes suspeitas de ter morto e desmembrado um vizinha reformada, há uns dias.

A polícia disse também desconfiar que foi ela que, já em 2003, tinha assassinado um inquilino. Contudo, a revelação mais chocante é da existência de um diário em que Tamara Samsonova registou mais de uma dezena de assassinatos que terá cometido nos últimos 20 anos.

Os detalhes de como cortava as vítimas aos pedaços e os deitava fora em sacos de lixo estão descritos em três línguas: russo, alemão e inglês.

As autoridades acreditam que os relatos são verdadeiros e não uma fantasia desta mulher.