sicnot

Perfil

Mundo

Segurança reforçada no Eurotúnel após imigrantes forçarem as vedações

A segurança foi esta quinta-feira reforçada junto ao terminal francês do Eurotúnel, por causa das tentativas de grupos de migrantes em atravessar o túnel.

Centenas de clandestinos continuam acampados na zona de Calais, quer na estrada quer nas linhas do caminho de ferro.

Centenas de clandestinos continuam acampados na zona de Calais, quer na estrada quer nas linhas do caminho de ferro.

© Pascal Rossignol / Reuters

Centenas de clandestinos continuam acampados na zona de Calais, quer na estrada quer nas linhas do caminho de ferro. Durante o dia, os imigrantes forçaram as vedações.

As associações de caridade e apoio à imigração já reagiram às declarações do primeiro-ministro britânico. David Cameron considerou os imigrantes uma "praga", ao que o conselho de refugiados do Reino Unido respondeu que é um tipo de linguagem desumana e irresponsável.

  • Mais de 37 mil imigrantes intercetados no Eurotúnel desde janeiro
    2:10

    Mundo

    A Europa volta a agitar-se com o drama dos migrantes. Cerca de 2 mil tentaram atravessar de França para Inglaterra pelo Canal da Mancha. Um migrante sudanês acabou por morrer atropelado no Eurotúnel O grupo Eurotunnel afirmou hoje ter intercetado, desde janeiro, mais de 37 mil imigrantes pelos seus próprios meios e pediu à França e ao Reino Unido que tenham uma "resposta apropriada".

  • Mais de 3500 migrantes tentaram passar o Eurotúnel em dois dias
    2:12

    Mundo

    As declarações do primeiro-ministro britânico, em que se referiu aos migrantes que tentam alcançar o Reino Unido como uma praga, estão a ser duramente criticadas pela oposição trabalhista. David Cameron garante estar a fazer tudo para proteger as fronteiras britânicas, em coordenação com as autoridades francesas. Em apenas dois dias, mais de três mil e quinhentas pessoas tentaram atravessar o Eurotúnel, para chegar ao Reino Unido.

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".