sicnot

Perfil

Mundo

Trump continua a ser candidato preferido dos republicanos às Presidenciais

O empresário norte-americano Donald Trump continua a ser o candidato preferido pelos republicanos às presidenciais de 2016 apesar das controvérsias que tem provocado, segundo um inquérito hoje divulgado.

© Jim Young / Reuters

A seis meses do início das primárias, a sondagem divulgada pela Universidade Quinnipiac destaca a popularidade excecional do empresário entre os 17 que já assumiram ser candidatos às presidenciais.

Donald Trump é a primeira escolha de 20% dos eleitores na pesquisa, aparecendo à frente do governador de Wisconsin Scott Walker (13%) e do ex-governador da Florida Jed Bush (10%).

A sondagem revela também que Donald Trump, figura altamente contestada, perderia contra a candidata favorita dos democratas, Hillary Clinton, conseguindo apenas 36% dos votos do eleitorado contra os 48% da antiga secretária de Estado norte-americana.

"Tudo em Donald Trump é contradição e paradoxo. As pessoas amam-no ou odeiam-no", afirmou Tim Malloy, um dos responsáveis pela sondagem.

Segundo Tim Malloy, Donald Trump tem uma vantagem sobre os seus rivais: a sua reputação.

"Há um avião, edifícios com o seu nome, um campo de golfe, um concurso de beleza. Todas as pessoas sabem isso e isso representa uma grande vantagem", acrescentou.

A sondagem hoje divulgada confere com outros grandes inquéritos realizados pela CNN, Washington Post/ABC News e Fox News. Todas colocam Donald Trump à frente na preferência dos republicanos.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.