sicnot

Perfil

Mundo

Extremistas judeus suspeitos de incêndio que matou bebé palestiniano

Extremistas judeus suspeitos de incêndio que matou bebé palestiniano

Um bebé de 18 meses morreu queimado e três membros da família, incluindo uma criança de 4 anos, ficaram gravemente feridos num incêndio provocado por colonos israelitas, perto de Nablus, na Cisjordânia. O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, já condenou o ataque que classificou como terrorista.