sicnot

Perfil

Mundo

Grupo Estado Islâmico executa três jovens na Síria por atos de sodomia

O grupo extremista Estado Islâmico (EI) executou três jovens na periferia da cidade síria de Hama, depois de os acusar da prática de "atos de sodomia", informou hoje o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

 (Arquivo)

(Arquivo)

© Joe Penney / Reuters

Segundo a agência de notícias espanhola EFE, esta organização não-governamental síria recebeu um vídeo com elementos do EI a dispararem sobre a cabeça dos jovens, os quais tinham os olhos vendados e estavam rodeados de dezenas de cidadãos, incluindo crianças.

Um tribunal islâmico, criado pelo grupo extremista, sentenciou os três jovens à pena de morte por "difundirem a perversão na terra e por tentarem alterar o instinto dos muçulmanos", refere o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

A 24 de julho último, o EI lançou do topo de um edifício, na cidade de Palmira, dois homens, apedrejando-os de seguida, por supostamente realizarem "práticas indecentes com outro homem e atos de sodomia".

O grupo Estado Islâmico proclamou, há um ano, um califado na Síria e no Iraque, detendo partes consideráveis destes territórios, nos quais impôs uma versão radical da sharia, a lei islâmica.

Lusa

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.