sicnot

Perfil

Mundo

Morreu adolescente esfaqueada em marcha de orgulho ''gay'' em Jerusalém

Uma adolescente que foi esfaqueada na quinta-feira juntamente com outras cinco pessoas durante uma marcha de orgulho ''gay'' em Jerusalém não resistiu aos ferimentos e morreu hoje no hospital, divulgaram fontes médicas.

O suspeito do ataque é um judeu ultraortodoxo, Yishai Shlissel, que em 2005 já tinha ferido outras três pessoas durante o mesmo evento.

Shira Banki, de 16 anos, estava em estado crítico desde o incidente de quinta-feira. A vítima foi esfaqueada na zona das costas.

As outras cinco vítimas do ataque sofreram lesões de vários graus.

Yishai Shlissel cometeu o ataque de quinta-feira apenas algumas semanas depois de ter saído da prisão. O suspeito cumpriu uma pena de prisão de 10 anos pelo ataque de 2005.

A polícia israelita informou hoje que constituiu um comité para avaliar as circunstâncias que permitiram que o suspeito reincidisse e realizasse o ataque de quinta-feira.

Lusa

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41