sicnot

Perfil

Mundo

Seca no sul de Moçambique atinge 138 mil pessoas

A seca que assola o sul de Moçambique afeta 138 mil pessoas em Inhambane e Gaza e só nesta província o Governo local precisa de 25 milhões de meticais (591 mil euros) para mitigar o impacto desta calamidade.

ANDR\303\211 CATUEIRA

O número de pessoas atingidas pela seca, avançados à Lusa pelo Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), concentra-se sobretudo em seis distritos de Gaza: Chicualacuala, Chigubo, Guijá, Massangir, Massangena e Mabalane.

No distrito de Chigubo, mais de 2.500 famílias foram afetadas pela seca e cerca de 5.000 cabeças de gado foram dadas como perdidas.

Em Guijá, distrito vizinho de Chigubo, 23.472 mil pessoas encontram-se em risco de insegurança alimentar, cerca de um quarto da sua população.

"A situação é preocupante por aqui. As populações que dependem da atividade agrícola ficaram seriamente afetadas pela seca", disse à Lusa Domingos Matabel, secretário permanente do distrito de Guijá.

A maior parte da população de Guijá, a sul da província de Gaza, tem na agricultura e na pecuária a base da sua sobrevivência, duas atividades que sem água não existem.

De acordo com o secretário-permanente de Guijá, dos quatro postos administrativos do distrito, o mais afetado pela seca é Nalazi, com cerca de 12 mil habitantes, situado a cerca de 70 quilómetros da sede distrital.

"O ponto que mais nos preocupa é Nalazi, na medida em que as populações não têm meios alternativos", lamentou Domingos Matabel.

Com a estiagem, os campos secaram e as populações são obrigadas a percorrer mais de oito quilómetros em busca de água e, em muitos casos, devido à distância, as pessoas preferem beber a água suja que resta das lagoas e das represas, partilhando-a com os animais, um iminente risco para a saúde das comunidades.

Como forma de fazer face à situação, o governo local está a levar a cabo um projeto de construção de sistemas de abastecimento multifuncional, no quadro da implementação do Plano Local de Adaptação a Mudanças Climáticas, e que vai distribuir água para o consumo e também para o agricultura e pecuária, usando painéis solares.

A porta-voz do INGC, Rita Almeida, disse à Lusa que o objetivo do Governo consiste na expansão do sistema multifuncional por toda província, como forma de responder às necessidades da população afetada pela seca.

O executivo moçambicano já disponibilizou cerca dez milhões de meticais (236 mil euros) para a construção destes sistemas, além de ter enviado 22 tanques de água para aquela região de Moçambique.

Só Gaza precisa de 25 milhões de meticais (591 mil euros) para enfrentar a seca, de acordo com a governadora da província, Stela Pinto, falando durante a visita, no passado fim de semana, do primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, à região.

Na sequência da visita do primeiro-ministro a Gaza, o Governo mandou reunir o Conselho Técnico de Emergência de Moçambique para responder a esta crise.

Após um período de cheias no centro e norte do país, no início do ano, Moçambique volta a ser afetado por calamidades, através desta seca que está a atingir as províncias do sul, colocando em causa a atividade agrícola, base de subsistência das populações nas zonas mais recônditas, onde vive a maior parte dos moçambicanos.

Lusa

  • Partidos vão apresentar propostas alternativas à descida da TSU
    2:52

    TSU

    O Presidente da República defende a redução da Taxa Social Única mas deixa a porta aberta a outra via para compensar o aumento do salário mínimo. PCP e Bloco de Esquerda insistem que não pode haver contrapartidas que estimulem os salários baixos mas admitem outras formas de aliviar as empresas. À direita, também o CDS irá apresentar propostas.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.