sicnot

Perfil

Mundo

Doze mortos em queda de avião militar em cidade síria controlada por rebeldes

Um avião militar sírio caiu hoje em Ariha, uma cidade sob controlo dos rebeldes no noroeste da Síria, matando pelo menos 12 pessoas e provocando dezenas de feridos, anunciou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Cidade síria de Ariha.

Cidade síria de Ariha.

© Khalil Ashawi / Reuters

A queda ocorreu quando o avião bombardeava uma área central de Ariha, na província de Idleb, tomada pelos rebeldes a 28 de maio.

"O avião estava a voar a baixa altitude, quando sofreu uma falha técnica", afirmou Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH.

O OSDH, que tem uma vasta rede de fontes na Síria, ainda não conseguiu identificar quantas das 12 vítimas mortais resultaram da queda do avião ou do atentado que antecedeu o acidente.

Os aviões militares sírios, que são a arma do regime na guerra contra os rebeldes há mais de quatro anos, têm sofrido repetidamente acidentes e têm sido abatidos por insurgentes.

Em janeiro, pelo menos 35 soldados foram mortos num acidente de um avião militar também na província de Idleb.

Lusa

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Dirigente derrotado da Gâmbia concorda em ceder poder

    Mundo

    O ex-presidente e candidato derrotado das eleições na Gâmbia, Yahya Jammeh, concordou em ceder o poder ao novo Presidente do país, empossado na quinta-feira, indicou esta sexta-feira um responsável governamental senegalês.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.