sicnot

Perfil

Mundo

Doze mortos em queda de avião militar em cidade síria controlada por rebeldes

Um avião militar sírio caiu hoje em Ariha, uma cidade sob controlo dos rebeldes no noroeste da Síria, matando pelo menos 12 pessoas e provocando dezenas de feridos, anunciou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Cidade síria de Ariha.

Cidade síria de Ariha.

© Khalil Ashawi / Reuters

A queda ocorreu quando o avião bombardeava uma área central de Ariha, na província de Idleb, tomada pelos rebeldes a 28 de maio.

"O avião estava a voar a baixa altitude, quando sofreu uma falha técnica", afirmou Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH.

O OSDH, que tem uma vasta rede de fontes na Síria, ainda não conseguiu identificar quantas das 12 vítimas mortais resultaram da queda do avião ou do atentado que antecedeu o acidente.

Os aviões militares sírios, que são a arma do regime na guerra contra os rebeldes há mais de quatro anos, têm sofrido repetidamente acidentes e têm sido abatidos por insurgentes.

Em janeiro, pelo menos 35 soldados foram mortos num acidente de um avião militar também na província de Idleb.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.