sicnot

Perfil

Mundo

Doze mortos em queda de avião militar em cidade síria controlada por rebeldes

Um avião militar sírio caiu hoje em Ariha, uma cidade sob controlo dos rebeldes no noroeste da Síria, matando pelo menos 12 pessoas e provocando dezenas de feridos, anunciou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Cidade síria de Ariha.

Cidade síria de Ariha.

© Khalil Ashawi / Reuters

A queda ocorreu quando o avião bombardeava uma área central de Ariha, na província de Idleb, tomada pelos rebeldes a 28 de maio.

"O avião estava a voar a baixa altitude, quando sofreu uma falha técnica", afirmou Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH.

O OSDH, que tem uma vasta rede de fontes na Síria, ainda não conseguiu identificar quantas das 12 vítimas mortais resultaram da queda do avião ou do atentado que antecedeu o acidente.

Os aviões militares sírios, que são a arma do regime na guerra contra os rebeldes há mais de quatro anos, têm sofrido repetidamente acidentes e têm sido abatidos por insurgentes.

Em janeiro, pelo menos 35 soldados foram mortos num acidente de um avião militar também na província de Idleb.

Lusa

  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.