sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 5.300 garrafas de bebidas alcoólicas com Viagra apreendidas na China

As autoridades chinesas confiscaram 5.357 garrafas de bebidas alcoólicas com químicos utilizados no fabrico de medicamentos contra a disfunção eréctil, como o 'Viagra', em duas destilarias da província de Guangxi, sudeste da China, foi hoje divulgado.

Elise Amendola

Inspetores do organismo responsável pela segurança e qualidade alimentar e medicamentosa da cidade chinesa de Liuzhou anunciaram, citados hoje por agências internacionais, que as destilarias tinham adicionado o químico Sildenafil a três dos seus vinhos Baijiu.

O vinho Baijiu, muito popular na China e conhecido como "vinho de arroz", é uma bebida com um volume alcoólico entre os 40% e os 60%.

A agência noticiosa estatal chinesa, Xinhua, acrescenta, citando um comunicado divulgado no domingo pela agência de segurança alimentar que para além das garrafas foram apreendidos também cerca de 1.200 quilos de químicos rotulados como Sildenafil, num valor superior a 700 mil yuan (102.576 euros), tendo o caso sido entregue para a polícia local.

Lusa

  • William e Kate apresentam o filho ao mundo
    1:42
  • Marcelo defende debate alargado sobre saúde
    0:57

    País

    O Presidente da República defende que um debate profundo sobre o futuro da saúde deve envolver todos os intervenientes políticos. Para Marcelo Rebelo de Sousa quanto mais partidos estiverem envolvidos na discussão, melhor.

  • Governo apresenta medidas que privilegiam arrendamento e reabilitação
    1:16

    País

    O Governo apresentou esta tarde um novo pacote de medidas para a habitação. Trata-se de uma visão que privilegia o arrendamento e a reabilitação como formas de garantir o acesso a todas as famílias a uma habitação adequada. O primeiro-ministro diz que é preciso segurança nos contratos de arrendamento e avança por isso como uma proposta de benefícios.

  • Salah Abdeslam e cúmplice condenados a 20 anos por tentativa de assassínio de cariz terrorista
    1:11

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo, que remete para o momento em que foi detido em Bruxelas, em março de 2016. Salah Abdeslam e um cúmplice foram considerados culpados de tentativa de assassínio de cariz terrorista pela participação numa troca de tiros com a polícia belga da qual resultaram três agentes feridos. 

  • Beyoncé e a irmã caem no Coachella e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC