sicnot

Perfil

Mundo

Autoridades suíças apreendem 262 quilos de marfim

As autoridades aduaneiras suíças apreenderam, na segunda-feira, 262 quilos de marfim de contrabando no aeroporto de Zurique, sendo que as presas de elefante estavam escondidas em oito malas, foi hoje anunciado.

© Chaiwat Subprasom / Reuters

Em comunicado, as autoridades da alfândega revelaram que as presas de elefante estavam escondidas em oito malas provenientes de Dar es Salaam, Tanzânia, com destino a Pequim, via Zurique, e eram de três cidadãos chineses.

As presas foram serradas para entrar nas malas, e também eram acompanhadas por um quilo de presas e garras dos leões. O valor do mercado negro de marfim é estimado em 400 mil francos suíços (377.000 euros).

Os traficantes incorrem em pesadas multas, tendo a mercadoria sido apreendida, precisa o comunicado hoje divulgado.

A Suíça é signatária da Convenção sobre o comércio internacional de espécie de fauna e flora em vias de extinção.

Na quinta-feira passada, a ONU apelou aos seus 193 membros para combater mais eficazmente o comércio ilegal de animais selvagens, como os elefantes e rinocerontes, que estão ameaçados de extinção.

Numa primeira resolução não vinculativa, a primeira do género, a Assembleia Geral da ONU "expressa profunda preocupação com o aumento contínuo da caça ilegal de rinocerontes e o alarmante número de elefantes mortos em África".

Restam 470.000 elefantes africanos a viver em estado selvagem, de acordo com a mais recente contagem da Organização Não Governamental Elefantes Sem Fronteiras, contra os 550.000 existentes em 2006.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.