sicnot

Perfil

Mundo

Rússia ordena retirada de livros de historiadores britânicos

A Rússia mandou retirar das bibliotecas escolares e universitárias os livros dos reconhecidos historiadores britânicos John Keegan e Antony Beevor, alegando que as obras destes autores promovem os estereótipos da época nazi, divulgou esta quarta-feira uma porta-voz oficial.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Petr Josek Snr / Reuters

Num decreto assinado pelo Ministério da Educação regional de Sverdlovsk, as autoridades russas pedem às bibliotecas para "verificarem a disponibilidade dos livros" dos historiadores britânicos e "para tomarem medidas para remover [as obras] do acesso de estudantes e professores".

Os dois autores, John Keegan (falecido em 2012) e Antony Beevor, são historiadores de renome internacional, cuja obra é focada na História militar, em particular na época da Segunda Guerra Mundial (1939/1945).

As obras dos dois autores, nomeadamente o sucesso literário de Antony Beevor "Berlim: A Queda, 1945", têm sido criticadas na Rússia por focarem as atrocidades cometidas durante os avanços do Exército Vermelho até à capital alemã.

As autoridades regionais de Sverdlovsk afirmaram que os livros destes historiadores, sem especificar qualquer obra, "propagam estereótipos formados durante a época do Terceiro Reich", segundo uma cópia digitalizada do decreto publicada por um 'site' de notícias local.

Em declarações à agência francesa AFP, a porta-voz do governador regional, Yulia Voronina, confirmou a existência do decreto, acrescentando que estão a ser realizadas inspeções às bibliotecas.

Num comunicado enviado à AFP, as autoridades administrativas daquela região russa afirmaram que "muitos historiadores acreditam que livros de autores como John Keegan e Antony Beevor têm uma interpretação errada sobre os acontecimentos da Segunda Guerra Mundial, contradizem documentos históricos e são inspirados em estereótipos da propaganda nazi".

Moscovo tem intensificado este ano a campanha contra as influências ocidentais.

Segundo o decreto do ministério, os livros de John Keegan e Antony Beevor foram publicados na Rússia pela Fundação Open Society, do bilionário e filantropo norte-americano George Soros.

Em julho último, a câmara alta do Parlamento russo (Conselho da Federação Russa) elaborou uma lista de organizações "indesejáveis" recomendadas para proibição. A Fundação Open Society de George Soros integra a lista.

Lusa

  • Trump eleito personalidade do ano pela revista Time

    Mundo

    O Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, foi eleito personalidade do ano pla revista Time. O título é atribuído pela publicação norte-americana há quase 90 anos para distinguir a figura que marcou o ano.

  • Cerca de 100 mortos e dezenas de desaparecidos após sismo na Indonésia
    1:24
  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • Com este vamos arrancar-lhe uma lagriminha!

    Mundo

    Nesta redação, não se vive só de notícias. Também gostamos de nos emocionar com o mundo virtual. Imbuídos pela quadra natalícia, decidimos partilhar este vídeo polaco consigo. O que é preciso para o emocionar? Um tema com uma mensagem simples e que nos faça lembrar que somos todos feitos de carne e osso. Um toque de humor. Um sentimento sazonal, mas nunca em excesso. Um cão [é preciso haver sempre um cão]. Um enredo e algum suspense que nos prenda ao écran. Algo que nos faça engolir em seco. Foi isto que fez um site de vendas online com um anúncio com o título: "Inglês para principiantes". Então? Atingimos o nosso objetivo? Com ou sem lágrima?

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.