sicnot

Perfil

Mundo

Grupo Estado Islâmico reivindica atentado contra mesquita saudita frequentada por polícias

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou hoje o atentado suicida que fez 15 mortos numa mesquita frequentada por agentes das forças especiais da Arábia Saudita em Abha.

Um comunicado do movimento extremista refere que o atentado foi cometido por um atacante suicida, identificado como Abu Sinan al-Najdi, que detonou um cinto de explosivos.

O atacante, que conseguiu infiltrar-se no local, "matou e feriu dezenas" de pessoas, referiu o grupo extremista, que ameaça realizar outros ataques nos próximos dias contra "os tiranos da península arábica".

Segundo o Ministério do Interior saudita, 15 pessoas -- 12 polícias e três funcionários -- morreram no atentado, que ocorreu durante a oração do meio-dia na mesquita do quartel-general das forças especiais em Abha, capital da província de Assir, próxima da fronteira com o Iémen.

Três outros atentados suicidas perpetrados em julho e em maio na Arábia Saudita também foram reivindicados pelo EI, grupo radical sunita que está presente em vários países árabes, nomeadamente na Síria e no Iraque, onde controla vastas áreas de território.

Lusa

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54