sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos seis mortos em ataque dos talibãs no Afeganistão

Pelo menos seis pessoas morreram hoje num ataque suicida dos talibãs contra a polícia afegã, a sul de Cabul, no primeiro ataque dos rebeldes islâmicos desde o anúncio da morte do seu líder, mullah Omar, na semana passada. Num outro incidente, 17 pessoas morreram na queda de um helicóptero militar.

APTN/SIC

Segundo o governador da província de Logar, Halim Fedaye, um bombista suicida, ao volante de um camião, fez-se explodir diante do posto de polícia de Pul-e Alam, capital provincial, a cerca de cem quilómetros a sul de Cabul.

"A explosão foi tão potente que três prédios ao redor foram fortemente atingidos", disse à agência AFP Mohammad Qari Wara, chefe adjunto da polícia provincial, avançando um balanço de seis mortos, entre os quais três polícias e três civis, e três feridos.

Um assessor do governador confirmou este número à AFP.

Entretanto, uma outra fonte policial referiu à agência EFE que há oito mortos e 20 feridos, entre os quais mulheres e crianças.

O anúncio da morte do mullah Omar provocou a rápida eleição do seu sucessor, mullah Akhtar Mansur, que deu lugar a uma luta interna no grupo e levada a cabo pela família do antigo líder, que se recusou a jurar lealdade ao novo "emir" da rebelião islâmica.

Devido a esta falta de unidade nas suas fileiras, o envolvimento dos talibãs nas conversações de paz lançadas no início de julho com o Governo afegão é incerto.

Entretanto, o ataque de hoje contra a força de intervenção rápida da polícia da província de Logar, já reivindicada pelos talibãs, mostra que o seu espírito de luta desde a queda do seu regime no Afeganistão, em 2001, ainda continua.

O Ministério do Interior afegão confirmou que se trata do primeiro ataque suicida desde a eleição do mullah Mansur como líder dos talibãs.

17 mortos na queda de um helicóptero militar

A queda de um helicóptero militar no Afeganistão, hoje, devido a um problema técnico, provocou 17 mortos, 12 soldados e cinco membros da tripulação, anunciaram as autoridades locais e militares.

"Dezassete pessoas foram mortas, 12 soldados e cinco tripulantes", disse um general da Força Aérea afegã, sob anonimato.

O acidente ocorreu em Shinkay, na província de Zabul (sul).

Lusa

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.