sicnot

Perfil

Mundo

'Jihadistas' executaram mais de duas mil pessoas na cidade iraquiana de Mossul

O grupo autoproclamado Estado Islâmico executou mais de 2.000 pessoas em Mossul (norte do Iraque) e arredores desde junho de 2014, altura em que a segunda cidade do Iraque foi conquistada pela organização 'jihadista', divulgaram hoje fontes locais.

Num comunicado, hoje divulgado, o presidente do parlamento, Salim al-Joubouri, informou sobre "a execução de mais de 2.000 cidadãos inocentes pela organização terrorista Daesh [acrónimo árabe]".

Segundo fontes contactadas pela agência francesa AFP em Mossul e nas imediações, um total de 2.070 pessoas foram executadas desde que os 'jihadistas' do grupo Estado Islâmico (EI) assumiram o controlo daquela cidade, a 10 de junho do ano passado.

Os nomes destas pessoas foram inscritos numa lista compilada pelo grupo radical sunita. Alguns dos nomes foram exibidos numa parede de uma unidade local do Ministério de Saúde iraquiano, relataram testemunhas locais.

Fontes locais afirmaram que as vítimas que constam nesta lista foram acusadas pelo EI "de promover ideias que distorcem o Islão".

Os 'jihadistas' do EI, combatentes que iniciaram em junho de 2014 uma grande ofensiva e que se assumem como participantes numa 'guerra santa', proclamaram um "califado" nos vastos territórios que controlam na Síria e no Iraque.

O grupo extremista controla grande parte da província de Nineveh, da qual Mossul é a capital.

Lusa

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.