sicnot

Perfil

Mundo

Casal de turistas franceses morre em caminhada em deserto norte-americano

Um casal de turistas franceses morreram durante uma caminhada no deserto do Novo México, no sudoeste norte-americano, com temperaturas próximas dos 40 graus, e o seu filho de 9 anos sobreviveu, anunciaram as autoridades locais.

(Arquivo)

(Arquivo)

© STRINGER Mexico / Reuters

David Steiner, de 42 anos, e Ornella Steiner, de 51, ambos naturais da Borgonha, perto de Reims, no nordeste de França, caminhavam com a sua filha no parque natural de White Sands na terça-feira depois do meio-dia, altura em que terão morrido aparentemente devido ao calor, afirmou o investigador David Hunter.

"Eles subestimaram os elementos", disse ainda o responsável à AFP, acrescentando, no entanto, que os resultados da autópsia ainda não estão disponíveis.

Numa patrulha de rotina, as autoridades do parque encontraram primeiro o corpo da mãe e, quando consultaram a memória da máquina fotográfica, viram que a mulher estava acompanhada por outras duas pessoas, esclareceu a polícia.

As autoridades seguiram as pistas e encontraram o pai, também sem vida, perto do filho de 9 anos, que estava desidratado mas consciente e que foi levado para um hospital local.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".